Prefeitura prorroga fechamento do comércio por mais uma semana

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) assinou o Decreto 5.647 que prorroga até o dia 13 de abril o fechamento do comércio não essencial, além das demais medidas do Decreto de Calamidade Pública 5.631.

“A intenção é avaliar o quadro de evolução dos casos na cidade”, diz nota da Prefeitura de Mossoró.

A gestão informou que as medidas foram definidas após reunião do Comitê de Enfrentamento ao Covid, convocado hoje pela prefeita e com a participação das secretarias municipais.

Seguem autorizados a abrir as portas os serviços considerados essenciais como agências bancárias, farmácias, supermercados e oficinas.  “Não sofrerão descontinuidade o exercício e o funcionamento dos serviços públicos e atividades essenciais, assim consideradas em legislação federal”, complementa a nota.

A Prefeitura reforça o pedido para a população evitar aglomerações, de acordo com as orientações sanitárias. Os órgãos municipais vão intensificar o trabalho de fiscalização para dar cumprimento às determinações que constam no decreto.

Compartilhe:

Rosalba é alvo da antipolítica

Meme reproduz a ilusão da antipolítica

A classe política em sua maioria está sim mobilizada no combate ao coronavírus. Todos os dias são noticiadas medidas e sugestões dos parlamentares, inclusive algumas aos poucos vão saindo do papel.

Mas o calendário eleitoral não foi suspenso. Primeiro porque isso não se resolve de canetada, segundo porque existem assuntos mais urgentes para o Congresso Nacional tratar.

Aos políticos com pretensões eleitorais em 2020 não restava outra alternativa a não ser articular a formação das nominatas e estruturar seus grupos. Isso não queria dizer que o coronavírus ficou em segundo plano. Uma coisa não exclui a outra.

A prefeita Rosalba Ciarlini fez o seu PP saltar de uma para oito vereadores. O sucesso na articulação política (tema para outra análise) virou alvo dos entusiastas da antipolítica. Dispararam memes (ver acima) acusando a prefeita de priorizar a política em vez da saúde das pessoas, o que é uma tremenda injustiça vide a série de medidas que a chefe do executivo municipal vem tomando.

Rosalba é vítima da hipocrisia da antipolítica. Desconfio que quem está por trás desse meme seja alguém que atuou intensamente para se fortalecer rumo às eleições de 2020.

A covardia da antipolítica é um câncer no debate público nacional.

Compartilhe:

Assembleia avaliar 18 decretos de calamidade em sessão virtual

Assembleia Legislativa vai se reunir em sessão virtual amanhã (Foto: AL/RN)

Na primeira sessão plenária por Sistema de Deliberação Remota (SDR), que irá acontecer nesta terça-feira (7), em horário regimental, os deputados potiguares vão apreciar 18 Projetos de Decretos Legislativos de calamidade pública. “A nova ferramenta vai facilitar o trabalho dos legisladores no período de pandemia do novo Coronavírus que tem como efeito o isolamento social. O sistema permitirá continuidade do trabalho dos parlamentares do Rio Grande do Norte, sem prejuízo ao poder público”, explicou o presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira.

Os municípios que enviaram a documentação para apreciação por meio eletrônico são: Apodi, Serra Caiada, Ceará Mirim, Extremoz, São Rafael, Pau dos Ferros, Santa Cruz, Serra do Mel, Doutor Severiano, São José do Campestre, Monte das Gameleiras, Umarizal, Baía Formosa, Afonso Bezerra, Barcelona, Santana do Matos, Campo Redondo e Lagoa de Pedras.

“O Sistema de Deliberação Remota (SDR) é um mecanismo implementado a fim de permitir a boa condução dos trabalhos legislativos durante o período de isolamento social imposto pela pandemia do COVID-19. Possibilitará que a Assembleia Legislativa delibere matérias inadiáveis para o Estado do Rio Grande do Norte. É o caso dos Decretos de calamidade pública encaminhados pelos municípios e que serão apreciados nesta terça-feira, dia 7”, afirmou a diretora legislativa da ALRN, Tatiana Mendes Cunha.

A diretora afirma que “uma vez aprovados, cada município terá maior segurança jurídica e liberdade para planejar e executar as medidas necessárias ao enfrentamento da crise sanitária que atravessamos. Assim, a rápida resposta do Poder Legislativo às demandas surgidas nesse cenário soma-se aos esforços conjuntos de todos os Poderes no intuito de proteger a vida de milhares de potiguares”.

Os Projetos de Decretos Legislativos são apreciados e consequentemente aprovados ou rejeitados. Após essa etapa, a Assembleia elabora o decreto e publica no Diário Oficial Eletrônico.

Para tramitação dos expedientes a Assembleia Legislativa disponibilizou o e-mail secleg@al.rn.leg.br, através do qual a documentação pode ser remetida pelos municípios.

Compartilhe:

Prefeitura afirma que analisa conceder adicional de insalubridade para assistentes sociais

É regular a redução do adicional de insalubridade por alteração no ...

Por meio de nota a Prefeitura de Mossoró informou que está analisando a possibilidade de conceder adicional de insalubridade para as assistentes sociais da Unidade de Pronto Atendimento do Belo Horizonte (saiba mais clicando AQUI).

Confira a nota:

A Prefeitura de Mossoró informa que recebeu recentemente as assistentes sociais que reivindicam o direito ao adicional de insalubridade. A Secretaria de Administração encaminhou as solicitações para o setor de Segurança do Trabalho, onde será realizada uma perícia por engenheiro responsável no local de atuação. Essa avaliação permite determinar se os riscos à saúde existem e qual o grau destes. Com a confirmação da necessidade, o Município vai dar prosseguimento à implantação do adicional.

Compartilhe:

Girão está curado do covid-19

Imagem

O deputado federal General Girão (PSL) anunciou no Twitter que está curado do novo coronavírus. “Eu estou curado da COVID 19. Muito obrigado pelo apoio de todos! Seguiremos na missão de ajudar o Brasil a vencer essa guerra! Brasil Acima de Tudo!”, diz.

Ele foi diagnosticado com o covid-19 no dia 21 de março e desde então passou a cumprir isolamento social. No dia 22 de março ele chegou ser internado na UTI do Hospital Santa Lúcia em Brasília.

Recuperado ele retornou para casa onde cumpriu as recomendações médicas.

Compartilhe:

Mossoró tem 59 casos confirmados de covid-19

Mossoró – Wikipédia, a enciclopédia livre
Mossoró se aproxima de 60 casos confirmados (Foto: web/autor não identificado)

A Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte atualizou o boletim epidemiológico do Covid-19 no Estado. Mossoró agora tem 59 casos confirmados, 131 suspeitos e 41 descartados.

A capital do Oeste segue como a cidade com maior número de óbitos registrados com três.

Natal segue como a cidade com maior número de casos confirmados (113). A capital do RN ainda tem 1.253 suspeitas e 412 descartes.

No Rio Grande do Norte são 2.263 casos suspeitos, 246 confirmados e 774 descartados. Ainda foram registrados sete óbitos.

Clique no link abaixo e confira o boletim completo.

23_boletim_covid-19

Compartilhe:

Dez servidores do HRTM são afastados por suspeita de covid-19

Armados, homens fazem arrastão em frente a hospital em Mossoró ...
Servidores com suspeita do novo coronavírus estão em isolamento social (Foto: Web/Autor não identificado)

Dez profissionais do Hospital Regional Tarcísio Maia estão afastados das funções por estarem com sintomas de Coronavírus. Dentre eles a diretora Herbênia Ferreira.

De acordo com o Sindsaúde, 37% dos casos confirmados de Covid-19 no Rio Grande do Norte atingem profissionais da saúde.

Vários servidores do Hospital têm denunciado o fluxo irregular de atendimentos de pacientes com sintomas de coronavírus no Tarcísio Maia, colocando em risco vidas de profissionais e pacientes em um hospital,  que não tem vocação para atender pacientes com doenças infectocontagiosas e com um quantitativo de EPIs limitado.

Após a denúncia, a direção do Hospital Rafael Fernandes se posicionou frente ao seu papel em combater o novo coronavírus, e o governo acelerou as obras para entregar uma amplicação de 21 leitos de UTIs no hospital, além da chegada de EPIS na unidade – o que resolve apenas parcialmente o problema.

Com informações do Sindsaúde e apuração do Blog do Barreto.

Nota do Blog: é muito preocupante a exposição que os profissionais de saúde estão passando.

Compartilhe:

RN tem cumprimento da quarentena acima da média nacional

Covid-19: órgãos jurídicos destacam importância do isolamento ...

O Rio Grande do Norte tem um percentual de cumprimento da quarentena superior ao previsto na média nacional. De acordo com o índice de isolamento social da In Loco 54,6% dos potiguares estão cumprindo isolamento social. Enquanto que no país 53,57% estão se mantendo em casa.

A empresa está mapeando o comportamento de 60 milhões de brasileiros por meio de geolocalização através de controle de dispositivos como celulares conectados a redes sem fio. “Essa tecnologia consegue aprender, com base no local em que você mais passa tempo durante a noite, que aquele local é a sua casa. A partir disso, a gente consegue mapear o percentual de pessoas que, em uma determinada região, saíram de suas residências”, disse André Ferraz, fundador da In Loco, ao Portal Poder 360.

A atualização dos dados mais recente é relativa ao dia 4 de abril.

O Rio Grande do Norte fica abaixo da média no Nordeste (ver números abaixo) que é de 54,84%.

A região com maior isolamento social é a Sul com 55,23% e de menor índice é a Norte com 50,22%.

O Estado que mais está cumprindo as determinações das autoridades de saúde é Goiás 59,6%. O pior desempenho é em Tocantins com 47,5%.

Levantamento do Governo

Por outro lado o Governo do Estado divulgou hoje pela manhã estudo da Controladoria-Geral que informa que os supermercadistas apontam resistência dos potiguares em cumprir a quarentena em Natal. “Conversamos com os proprietários e gerentes. Falta o espaço mínimo entre as pessoas, e também faltam máscaras em diversos caixas e embaladores, apesar de não ser um item obrigatório, segundo orientação do Ministério da Saúde, mas entendemos ser necessário como medida de aumento no nível de proteção dos funcionários e clientes. Também verificamos alguns caixas sem anteparo de proteção e, sobretudo, falta de marcadores de distanciamento entre as pessoas do lado de fora dos estabelecimentos”, analisa o controlador-geral do Estado Pedro Lopes.

Confira os índices da In Loco por Estado e a média por região:

Região Norte

Amapá: 52,5%

Acre: 51%

Amazonas: 51,7%

Roraima: 48%

Rondônia: 48,3%

Pará: 52,6%

Tocantins: 47,5%

Média: 50,22%

Região Nordeste

Bahia: 51,7%

Sergipe: 52,5%

Alagoas: 51,7%

Pernambuco: 55,6%

Paraíba: 53,1%

Rio Grande do Norte: 54,6%

Ceará: 57%

Piauí: 55,9%

Maranhão: 55,5%

Média: 54,84%

Centro-Oeste

Mato Grosso do Sul: 49,8%

Mato Grosso: 48,5%

Goiás: 59,6%

Distrito Federal: 59%

Média: 54,22%

Sudeste

São Paulo: 53,3%

Minas Gerais: 52,8%

Rio de Janeiro: 53,9%

Espírito Santo: 53,4%

Média: 53,35%

Sul

Paraná: 53,2%

Santa Catarina: 55,8%

Rio Grande do Sul: 56,7%

Média: 55,23%

Compartilhe: