A tática vitoriosa de Álvaro Dias

Álvaro Dias venceu no primeiro turno (Foto: redes sociais/Álvaro Dias)

O prefeito reeleito de Natal Álvaro Dias (PSDB) tem lá seus méritos políticos para chegar a reeleição. Soube fazer o jogo político durante a pandemia.

Os números do Instituto Seta apresentados pelo cientista social Daniel Menezes são claros:

Antes da pandemia 43% aprovam  a gestão e 37% desaprovam, outros 20% NS/NR. No final de outubro os números eram respectivamente 66.5%, 26.9% e 6.6%.

Sem histórico político em Natal a lógica previa uma eleição complicada ainda que com a máquina na mão. Álvaro se beneficiou da ausência de debates na TV e das poucas rodadas de entrevistas com os candidatos realizadas nas emissoras da capital.

Venceu de ponta a ponta sem permitir que nenhum adversário polarizasse.

Outra tática bem sucedida, que contou com o silêncio da oposição, foi a de esconder os oligarcas tão rejeitados pelo eleitorado potiguar. Todos apoiavam Álvaro, por sinal.

A oposição não explorou o assunto massivamente. O tucano agradeceu.

Em julho alertamos que a história de 2016 se repetiria. Aconteceu.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *