Acredite! Mulher é flagrada fazendo boca de urna em eleição do Conselho Tutelar

Na eleição de ontem na Escola Municipal Raimunda Nogueira do Couto, no Santo Antônio, uma mulher foi flagrada foi flagrada fazendo boca de urna na eleição do Conselho Tutelar.

Boca de urna no Conselho Tutelar, repito.

O mais grave é que a mulher que fazia boca de urna, identificada por Maria da Conceição, vestia uma camisa da organização do pleito do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescentes (CONMDICA). “Quando presenciei uma pessoa do CONMDICA pedindo voto para um determinado candidato”, conta Deives Ulisses.

A presidente do CONMDICA, Fernanda Lopes, disse ao Blog que várias denúncias neste sentido chegaram até ela, mas não essa em específico. “Todos esses aspectos de boca de urna e transporte irregular ficou com o Ministério Público. A gente sabe que houve algumas situações, mas não soubemos dessa em específico”, declarou.

O promotor da infância Sascha Alves explicou que estas e outras denúncias estão sendo analisadas. “Apuramos Algumas. Estão chegando outras. Ainda vamos analisar, compilar o material”, frisou.

Confira os vídeos da denúncia:

 

 

Compartilhe:

Comments

comments

5 opiniões sobre “Acredite! Mulher é flagrada fazendo boca de urna em eleição do Conselho Tutelar

  • 7 de outubro de 2019 em 19:27
    Permalink

    Gente, um verdadeiro absurdo, as pessoas não conseguiram votar. No FA BATISTA, eu vi gente expulsando o pessoal de candidata X e empurrando para dentro o povo de candidatas Y. A própria diretora da escola tava sendo corrupta lá dentro. Minha gente, cadê o respeito pelas crianças? Vi tanta compra de votos explícitos! ACORDA MP!

    Resposta
  • 7 de outubro de 2019 em 20:06
    Permalink

    UM ABSURDO TUDO QUE TA ACONTECENDO E NÃO É TOMADO UMA PROVIDÊNCIA. PUXE AS CÂMERAS NAS ESCOLAS E VEJA. São tudo reféns de políticos, por isso não fazem nada pra mudar isso! hipócritas. Sou eleitora do alto da conceição e tive que esperar mais de horas no FA BATISTA para votar na minha candidata e quando chegou na hora de votar, me direcionaram para outra escola( que não era minha zona) por eu não votar na candidata que estava sendo favorecido por eles. Vi gente gritando escancaradamente o numero 444 e os fiscais se fingiram de surdos!

    Resposta
  • 8 de outubro de 2019 em 19:46
    Permalink

    Havia na escola uma fiscal da candidata 800 e nada fez? Por que ela nao chamou a funcionaria do MP? O marido da candidata 800 tava dentro da escola pedindo voto como também tinha pessoas dessa candidata passando melada em todos. Aceitem a derrota que doi menos . Faca uma pesquisa com os vizinhos da canditada 800 e irá saber porque ela perdeu.

    Resposta
  • Pingback: Resultado de eleição do Conselho Tutelar em Mossoró será questionado na Justiça – Blog do Barreto

  • 10 de outubro de 2019 em 11:40
    Permalink

    Esse negócio de anular a eleição é completamente errado. Sou de opinião que se puna os candidatos (a) que desrespeitaram as regras da eleição juntamente com seus apoiadores. Quando se fala em anular a eleição estão tentando punir também aqueles (a) que fizeram suas eleições respeitando as regras da eleição. Portanto, se foi constatado irregularidades por algum (a) candidato que apresentem as provas e que seja punido exemplarmente, e com isso num futuro com outras eleições, as pessoas entendam que a eleição para o Conselho Tutelar é sim uma eleição muito importante e de grande responsabilidade para as pessoas eleitas e que vão trabalhar em prol das nossas crianças e adolescentes.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *