Apitaço ensurdecedor para a Câmara acordar

Manifestaçãoprotesto 2

Faz anos que a Câmara Municipal tem enquanto poder um comportamento submisso ao executivo e muito raramente atende aos anseios da sociedade que por sua vez acompanha de forma muito tímida os acontecimentos do legislativo.

No poder legislativo há bons quadros, mas estes sentam em menos da metade das confortáveis cadeiras do plenário.

Na casa predomina a “ala muda”, uma versão mossoroense do famigerado “centrão” que representa o que há de pior no Congresso Nacional.

Há dedo da “ala muda” na estratégia de tentar aprovar os 21 cargos que deveriam ser especificamente para jornalistas conforme promessa dos parlamentares mais atuantes da casa presentes em uma audiência pública para debater o definhamento do mercado de comunicação em Mossoró.

Parte da “ala muda” cujo grosso dela se concentra no lado do plenário onde ficam os manifestantes que hoje fizeram um barulho ensurdecedor fazendo os microfones dos parlamentares funcionarem no volume máximo.

Enquanto os vereadores tentavam ignorar, os jovens se enchiam de brios para protestar contra o aumento e a criação de cargos. A “ala muda” logicamente não abriu o bico deixando o desgaste para os parlamentares mais atuantes e que deram a cara bater.

O grande erro da Câmara Municipal não foi aprovar os dois projetos. Foi tentar aprovar sem que a sociedade mossoroense ficasse sabendo. Isso irritou ainda mais os ânimos.

O apitaço serve para acordar a Câmara e serve de alerta para quem sonha sentar numa daquelas 21 cadeiras confortáveis a partir de 1º de janeiro. O povo está mais vigilante.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Apitaço ensurdecedor para a Câmara acordar

  • 10 de junho de 2016 em 09:01
    Permalink

    Pois é ai como explicar a aprovação do presidente da casa!! sei não velho toca o barco…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *