Até agora Prefeitura não apresentou números para contrapor versão do Governo

 

Ao finalmente admitir que pagará uma folha em atraso, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) apostou tudo em culpar a governadora Fátima Bezerra (PT) alegando perdas causadas pelo Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (PROEDI).

A versão rosalbista durou poucos minutos. Bastou esta página ter acesso às planilhas do Governo (ver AQUI) para mostrar que no comparativo entre outubro de 2018 e outubro de 2019 a perda fora de pouco mais de R$ 526 mil.

Outros jornalistas, como Carlos Santos (ver AQUI), mostraram que a meta do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para 2019 já tinha sido atingida.

O Governo com um GIF rebateu em números o argumento como bem registrou Vonúvio Praxedes no Diário Político (ver AQUI). Em artigo, Fátima classificou como desonesta a acusação de que a folha de Mossoró atrasou por causa do PROEDI (ver AQUI).

Esta página aguarda os números da Prefeitura, reforçou a solicitação hoje e assim que receber fará a divulgação.

Nota do Blog: clamamos pelo seu contraponto, prefeita.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *