Ausência em debate na UERN expõe “salto alto” de Fátima

Fátima de “salto alto”?

Líder em todas as pesquisas e num cenário que há possibilidade de vitória no primeiro turno para o Governo do Estado, a senador Fátima Bezerra (PT) parece “tirar o pé” para não se comprometer muito até 7 de outubro.

O problema é que ao “tirar o pé” ela o coloca num “salto alto” que a leva ao “já ganhou” perigosíssimo em eleições.

Ao faltar ao debate entre os candidatos ao Governo promovido pelas entidades representativas da UERN, Fátima mostrou desinteresse pela universidade que tanto diz defender e desrespeito com o eleitorado mossoroense. Afinal de contas ela não faltou a nenhum debate na capital.

Dizer que mandou o vice Anteno Roberto (PC do B) representando ela atenua em relação aos outros candidatos faltosos (Robinson Faria, Carlos Eduardo e Heró Bezerra), mas não justifica na prática. Não existe meio respeito ou meio compromisso.

Indicar o vice para defender o programa de governo esvaziou o debate da UERN tanto quanto a ausência dos outros três. O eleitor quer ouvir o candidato e não o vice e isso óbvio.

Fátima sabe que a UERN é um reduto eleitoral dela, pelo menos em tese. Deu uma demonstração de “salto alto” não só com os eleitores uernianos, mas com toda população de Mossoró onde lidera sem ao menos ter um palanque sólido.

Sorte dela que os principais adversários não terão condições morais de explorar o assunto, mas que pegou mal, pegou.

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “Ausência em debate na UERN expõe “salto alto” de Fátima

  • 21 de setembro de 2018 em 12:03
    Permalink

    Quem nos garante que estas ausências não foram “orquestradas”!?

    Resposta
    • 21 de setembro de 2018 em 13:52
      Permalink

      Não acredito nisso, pois ela não tem nenhum motivo. O bom é que tivesse dado uma justificativa, para o conhecimento dos Mossoroenses.

      Resposta
  • 21 de setembro de 2018 em 13:47
    Permalink

    Gostaria de saber se houver uma justificativa segura. Já que mandou seu vice, e a matéria não relata o motivo de sua ausência no debate da UERN.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *