Caern registra lucro de R$ 22,228 milhões em 2020

Roberto Sérgio demonstra preocupação com demora em análise de vetos (Foto: ACS/Caern)

Mesmo com o quadro de pandemia e seu impacto em vários setores, a Caern fechou o ano de 2020 com um balanço positivo, dando continuidade a uma tendência de bons resultados e aperfeiçoamento em sua gestão. E pela primeira vez na sua história, a companhia conta com lucros acumulados. Na divulgação do balanço do exercício do ano passado, a Caern apresentou um lucro líquido de R$ 22,228 milhões.

“É um resultado muito expressivo”, comemora o presidente da companhia, Roberto Sérgio Linhares. “Conseguimos aumentar a arrecadação a uma velocidade maior do que o crescimento da despesa. E assim tivemos um resultado histórico, com resultados abrangentes de mais de R$ 72 milhões e cerca de R$ 53 milhões reservados para investimentos. É marcante e é louvável esse cenário da Caern em 2020”.

Os resultados alcançados espelham o comprometimento de todos os empregados da Companhia, bem como o empenho da gestão, ao implementar as práticas de governança e as regras advindas das Normas Internacionais de Contabilidade, onde pelo segundo ano consecutivo o parecer dos auditores independentes é sem ressalvas.

O volume de R$ 53 milhões para investimentos vem de um resultado acumulado de R$ 100 milhões nos últimos dois anos. Em 2019, o lucro da Caern foi de R$ 28,810 milhões, enquanto que no ano de 2020, a Companhia obteve um resultado abrangente de R$ 72,928 milhões. Desse valor, atendendo às normas internacionais de contabilidade adotadas desde o ano passado, R$ 54,799 milhões ficam como reserva de lucros.

Esses recursos financeiros são essenciais para a companhia dar continuidade ao projeto de universalização do acesso aos serviços públicos de saneamento básico no Rio Grande do Norte, gerando emprego e renda nas regiões em que as obras de Infraestrutura são realizadas.

Atualmente, a Caern possui R$ 762,900 milhões investidos em obras de infraestrutura de saneamento. Ao longo do ano de 2020, a Companhia investiu 114,273 milhões, sendo que R$ 23,571 foram advindos de recursos próprios.

A Caern apresentou uma receita líquida de R$ 712,971 milhões no ano de 2020, contra R$ 668,746 milhões de 2019, um crescimento de 6,61%. O EBITDA – montante representado pelo lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização – ficou em R$ 153,371 milhões, contra R$ 97,8 milhões do 2019, um incremento de 56,8%, o que mostra a boa capacidade de geração de caixa da companhia.

COMERCIAL

No balanço, vale destacar o bom desempenho da gestão comercial. O faturamento total da companhia em 2020 ficou em R$ 792.482.723,79, e a arrecadação foi de R$ 722.696.336,02, fruto de uma eficiência de 91,9%. O faturamento médio mensal da Caern no ano passado foi em torno de R$ 66 milhões, e outra boa notícia é que no exercício foram registrados quatro recordes de arrecadação. No segundo semestre do ano, em todos os meses a companhia registrou níveis de arrecadação mais altos do que a melhor arrecadação de 2019 – que foi de R$ 61 milhões.

No esforço para gerar receita, foram cruciais as campanhas de incentivo à negociação de débitos realizada ao longo do ano. Essas iniciativas geraram um volume de mais de R$ 54 milhões em parcelamentos de débitos de imóveis, R$ 10 milhões a mais do que em 2019.

MARCO LEGAL

A exemplo de outras companhias de saneamento no país, a Caern passou a atuar em ambiente regulado, com o Novo Marco Legal do Saneamento. Eficiência e economicidade estão em evidência nesse novo cenário. Como uma das ações para reduzir seus custos, a companhia entrou de vez no Ambiente de Contratação Livre de Energia Elétrica, considerando que esse é um dos principais e mais caros insumos da prestação de serviços oferecidos à população.

A contratação no mercado livre vai representar uma economia entre R$ 76 milhões e R$ 132 milhões, em cinco anos. Até dezembro do ano passado, 23 das 60 unidades operacionais da Caern selecionadas para a migração passaram a consumir energia do mercado livre.

FUTURO

Os bons resultados dão ânimo para o futuro. Em 2020, mesmo em um cenário de escassez de recursos, a Caern procurou direcionar os investimentos visando o equilíbrio operacional e financeiro, investindo R$ 114.273.957,67 em obras, sendo 92,98% em sistemas de esgotamento sanitário e 6,54% em sistemas de abastecimento de água.

Projetando para os próximos cinco anos, a companhia precisará investir R$ 390 milhões para concluir as obras em andamento, sendo R$ 80 milhões em 2021. “Nós vamos em busca de recursos promovendo o aumento de receita pela redução de perdas, com os contratos de performance e efetividade na cobrança, além de parcerias com instituições financeiras para emissão de dívida de longo prazo para esses investimentos, que serão revertidas à medida que as obras sejam entregues e comecem a gerar novas receitas”, explica o presidente Roberto Sérgio Linhares.

Fonte: Assecom/Caern

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Caern registra lucro de R$ 22,228 milhões em 2020

  • 24 de abril de 2021 em 20:23
    Permalink

    Há mesmo o que se comemorar? Se o desperdício e a falta d’água continua em todos os recantos do RN. Né mesmo?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *