Câmara de Apodi não consegue contratar novos postos de combustíveis

ea7c86df-c573-42e8-86c9-ab1b59b6f3af

Deu deserta a licitação para contratar um posto de combustível para prestar serviços à Câmara Municipal de Apodi. Consequência da “Operação Apóstolo” que desbaratou um esquema de corrupção envolvendo o poder legislativo e funcionários de postos de combustíveis.

O presidente da casa João Evangelista de Menezes Filho (PR) está preso há um mês.

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *