Câmara Municipal de Mossoró pode iniciar 2019 sem presidente

Izabel Montenegro pode não tomar posse para novo biênio a frente da Câmara

Um grupo de seis vereadores entrou com uma ação para tornar sem efeito a reeleição de Izabel Montenegro (MDB) como presidente da Câmara Municipal.

A informação foi dada em primeira mão pelo Blog do Tio Colorau.

A alegação é de que a aprovação do projeto que fez voltar a permitir a reeleição da mesa diretora e a antecipação do pleito feriram os princípios da moralidade e impessoalidade por desvio de finalidade.

A ação é movida pelos edis Alex do Frango (PMB), Aline Couto (sem partido), Didi de Arnor (PRB), Genilson Alves (PMN), Zé Peixeiro (PTC) e Sandra Rosado (PSDB).

Se a liminar for concedida a Câmara Municipal pode iniciar o ano sem presidente da mesa diretora.

Contexto

A ação acontece em um momento em que parte dos parlamentares está insatisfeita com os rumos que a presidente Izabel Montenegro tem dada a gestão com destaque para a resistência e implantar a verba de gabinete.

Nota do Blog: o curioso nisso tudo é que estes seis vereadores votaram pelo retorno da reeleição em regime de urgência, aprovaram a reeleição e reelegeram Izabel Montenegro em outubro do ano passada. Só agora eles descobriram que tudo isso seria desnecessário.

 

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Câmara Municipal de Mossoró pode iniciar 2019 sem presidente

  • 27 de dezembro de 2018 em 10:56
    Permalink

    Bruno é muito curioso mesmo. Mas, só tem uma explicação, puro oportunismo, quando esse tipo de políticos vão entender q o eleitor não tolera mais este tipo de comportamento. Né mesmo?

    Resposta
  • 27 de dezembro de 2018 em 14:37
    Permalink

    Entre os vereadores uma pessoa me surpreende, Sandra Rosado. Ex-quase tudo, experiente, fica pequena em briga particular com Izabel e decepciona os que gostam de política ética e séria. Lamentável. Será difícil se reeleger, se tentar …

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *