Câmara Municipal troca luta por bajulação e aprova moção de aplauso para a bancada federal após redução de emenda da UERN

Enquanto a classe política de Natal se mobiliza em defesa de mais recursos para a obra do Complexo Turístico da Redinha, a Câmara Municipal de Mossoró opta (para variar) pela subserviência.

Hoje foi aprovada por unanimidade uma desnecessária moção de aplauso para a bancada federal num reconhecimento à destinação de emenda para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Que coisa!

A emenda de R$ 20 milhões para a UERN foi construída pela Reitoria e bancada federal da legislatura anterior.

A bancada federal atual cortou R$ 3 milhões.

Repito: cortou R$ 3 milhões da UERN, prejudicando o interior do Estado em detrimento de uma obra importante para o turismo, mas secundária diante da educação.

Não precisa xingar os membros da bancada federal, mas daí a aplaudir soa como uma bajulação constrangedora e subserviente.

Não se trata de maturidade política, mas de um atestado de omissão. Educação, saúde e segurança não podem entrar nesses cortes.

A Câmara poderia muito bem formar um grupo para atuar junto aos deputados e senadores e tomar uma posição decente e firme em vez dessa moção desnecessária.

Natal luta, Mossoró se curva.

Compartilhe:

Comments

comments

6 opiniões sobre “Câmara Municipal troca luta por bajulação e aprova moção de aplauso para a bancada federal após redução de emenda da UERN

  • 9 de abril de 2019 em 21:46
    Permalink

    Boa noite, Bruno.
    Para não ser injusto com os que não votaram, o mais correto seria nominar os presentes que se posicionaram favoravelmente. Alguns vereadores nem em Mossoró estão, como é o caso do Ver. João Gentil, que se encontra em Brasília em busca de recursos p/ Mossoró.

    Resposta
    • 10 de abril de 2019 em 09:26
      Permalink

      Carlos Eduardo concordo com você. Tem que trazer ao conhecimento dos Mossoroenses, quem é quem nessas votações. Dizer que a Câmara Municipal aprovou essa ou outras matérias, dá a entender que todos concordaram. E é bom que a população, tome conhecimentos das posições que os vereadores tomam nessas votações, e fazerem as suas próprias avaliações desses vereadores. E assim, os eleitores desses vereadores acompanhar os votos deles em todas as votações que eles participem ou não. Um bom dia.

      Resposta
      • 10 de abril de 2019 em 10:05
        Permalink

        Dissididamente a Prefeitura e Câmara Municipal de Mossoró, vem colecionando repulsa da população em suas decisões. Seria ótimo, que essa mesma população que se revolta contra esses dois poderes no momento, da mesma maneira dessem uma resposta nas eleições do ano que vem. Mas o que ocorre, é que quando se aproxima as eleições, parte dessa população tem uma completa e imperdoável amnesia. E votam novamente nessa turma. Claro, respeitando algumas exceções de parte dessa turma. Bruno bom dia. Aquela da semana passada sobre o presidente da Fiesp o tal do Eskafedeu foi de lascar. Um abraço amigo, e um bom dia e semana de trabalho.

        Resposta
  • 9 de abril de 2019 em 22:15
    Permalink

    Essa Câmara Municipal de Mossoró já virou piada. Mais isso que eles são bajuladores, quando não é do Executivo, é dos deputados.

    Resposta
  • 10 de abril de 2019 em 14:21
    Permalink

    O principal vilão da diminuição dessas verbas foi Beto Rosado

    Resposta
    • 10 de abril de 2019 em 14:47
      Permalink

      O principal vilão? Foi o Deputado Beto Rosado? Pelo contrário, aconselho você José, ler a matéria esclarecedora do Blogdobarreto do dia 08.04 (segunda feira) E terá as informações mais corretas.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *