Câmara presta solidariedade à Soldado Jadson

Por meio de nota, a Câmara Municipal manifestou solidariedade ao vereador Solado Jadson (SD) que passou uma situação constrangedora ao ser convidado a se retirar de uma reunião como o secretário de segurança, o general Ronaldo Lundgren.

“A Câmara Municipal de Mossoró manifesta solidariedade ao vereador Soldado Jadson (SD), a quem não foi permitida participação em cerimônia entre o comando da Secretaria Estadual de Segurança Pública e policiais militares, nesta terça-feira (12), em Mossoró.

O Poder Legislativo reconhece o compromisso do edil com a segurança pública, demonstrado em reiteradas ocasiões, e lamenta o prejuízo à sua prerrogativa de acompanhar mais um relevante momento para gloriosa Polícia Militar, a qual serviu com denodo por 12 anos.

A reunião ocorreu em espaço público municipal (Estação das Artes Elizeu Ventania), e não em unidade militar. O vereador habitualmente participa de solenidade dessa natureza e sequer foi previamente comunicado de que não poderia comparecer, a serviço do Legislativo que estava.

Diante disso, a Câmara Municipal entende que o vereador Soldado Jadson teve tolhido o direito do pleno exercício do mandato que lhe foi conferido pelo povo, e que sua participação acrescentaria à cerimônia no sentido de fortalecer a segurança pública em Mossoró. Portanto, o Poder Legislativo Municipal lastima profundamente o episódio.

Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mossoró”.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *