Carta de um pai desesperado

Um pai desesperado envia essa carta ao Blog do Barreto. Ele afirma que sofre há cinco meses com salários atrasados em uma terceirizada que presta serviços à Prefeitura de Mossoró que pretende utilizar os recursos da antecipação dos royalties para quitar esse débito. A história é de cortar o coração.

“Não sei nem por onde começar?! Com o coração e a alma partida, vou relatar meu desespero diante da minha situação. Trabalho na PMM desde da época de Rosalba nas empresas terceirizadas. Fico triste com a real situação em que vivemos hoje! Tenho filhos, esposa, conta de água, luz, aluguel, e sem contar que tenho que comer….Mas como posso comer se não tenho dinheiro pra pagar? Como posso alimentar meus filhos e esposa se não tenho dinheiro? Como pagar as contas se não tenho dinheiro.
Mas o que mas me revolta? É ver o Prefeito, esbanjando mentiras nas redes sociais, e nos veículos de comunicação…. O que me revolta é ter que conviver todos os dias com meus filhos me pedindo o que comer e não ter condições de comprar! Faço a pregunta a ti senhor prefeito dos desmandos? Como o senhor consegue, dormir aliviado, sabendo que Pais de família estão passando por situações vexatórias no seu dia a dia? Como senhor prefeito o senhor consegue olhar no espelho e ver seu semblante de um homem mentiroso? Como o senhor consegue se sentar em sua mesa e comer tudo do bom e do melhor, sabendo que a famílias sem ter o que comer, por atraso de salários que já vai entrar pra 4 meses sem receber? Como o senhor tem coragem Francisco José Júnior, de acordar todos os dias e viver essa vida mentirosa em que o senhor vive? Só peço a Deus que tudo se resolva, e que o senhor Prefeito tenha uma recaída de bom senso e cumpra com suas obrigações. Escrevo esse texto, Bruno, chorando muito porque meu filho me pediu o que comer e não tive com que comprar.”

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Carta de um pai desesperado

  • 14 de novembro de 2015 em 07:25
    Permalink

    Esse desabafo e que está acontecendo, com várias pessoas que trabalham na.PMM, eu faço e 5 meses de salários atrasados,que todos saibam que depois do dia 15 já conta com 6 meses,meio ano sem salários, e ninguém faz nada,.nem o sindicato,nem.o MP,nem.a.Delegacia Regional do trabalho,nem vereadores, ninguém. Mais o ano de 2016. Esta aí temos que da a resposta..se trabalharmos e pq precisamos.só quem sofre e o trabalhador.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *