Casos confirmados de Covid-19 no RN chegam a 11.011 e óbitos com confirmação da doença totalizam 459

Dados atualizados foram informadas pelo responsável técnico pelo Núcleo de Estratégia de Saúde da Família, Hugo César Mota (Imagem: Reprodução)

O Rio Grande do Norte tem 11.011 casos confirmados do novo coronavírus e registra 459 óbitos com confirmação da doença, como informado pelo responsável técnico pelo Núcleo de Estratégia de Saúde da Família, Hugo César Mota em entrevista coletiva realizada na manhã desta terça-feira, 9, em Natal.

Segundo ele, das 28 mortes confirmadas em relação aos dados divulgados ontem, cinco ocorreram nas últimas 24 horas.

O Estado tem ainda 23.092 casos suspeitos e 19.576 casos descartados. 104 óbitos ocorridos no RN estão em investigação.

Apesar do crescimento do número de casos, o isolamento social se mantém baixo. Dados do Inloco mostram que ontem, 8, apenas 39,48% da população do Estado esteve isolada.

“A gente precisa ter um isolamento social de, pelo menos, 60%, 70%, para que a gente consiga ter um controle mais efetivo da epidemia. Um isolamento que a gente tem hoje abaixo de 50%, que vai ter um reflexo nos casos só daqui a 15, 16 dias, ele pode gerar o quê? Que a epidemia se prolongue mais no Estado e, a partir do momento que a gente tenha uma redução do número de casos, ela, na verdade, se mantenha em um platô que vai se alongar por algum tempo”, alertou o responsável técnico pelo Núcleo de Estratégia de Saúde da Família.

“Quanto mais o isolamento social for efetivo, significa que a gente consegue sair do isolamento social também mais cedo”, concluiu Hugo César Mota.

A taxa de ocupação dos leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com sintomas do novo coronavírus é outro fator preocupante. Nesta terça-feira, o blog publicou matéria informando sobre a situação no final da manhã, com base em dados do RegulaRN. No início desta tarde, o percentual de ocupação de leitos da Região Metropolitana é de 97,1%, com apenas uma vaga de UTI disponível no Hospital da Polícia e duas de UCI no Hospital de Campanha de Parnamirim, segundo visualizado no RegulaRN, às 14h10.

Na Região Oeste, a média de ocupação de leitos de Mossoró e Pau dos Ferros era de 89,1%, com 92,5% de ocupação dos leitos de Mossoró e 66,7% de ocupação dos leitos do Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros.

A Região do Seridó tem 66,7% de ocupação dos leitos do Hospital Regional Telecila Freitas Fontes.

A fila de espera por leitos exclusivos para o tratamento do novo coronavírus tinha 123 pacientes, sendo que 57 aguardavam por leitos de UTI, sendo três classificados como ‘prioridade 1’ e 54 como ‘prioridade 2’. 62 pacientes classificados como ‘prioridade 3’ e quatro como ‘prioridade 4’ esperavam a regulação, conforme dados do RegulaRN observados às 14h12.

681 pessoas estão internadas no Estado com suspeita ou confirmação do novo coronavírus, em leitos clínicos ou críticos, públicos, filantrópicos ou particulares do Rio Grande do Norte. Desse total de internamentos, 351 pacientes estão em leitos críticos. A informação foi repassada pela articuladora e coordenadora de Redes de Atenção da Secretaria da Saúde Pública do RN (SESAP-RN), Samara Dantas.

“É importante que todos nós, enquanto cidadãos, enquanto entes temos que ficar atentos e vigilantes com o compromisso com a vida. Precisamos destacar também que a baixa efetividade, a baixa taxa de isolamento, ela implica diretamente no maior número de pessoas acometidas, de pessoas que precisem de assistência hospitalar, de assistência médica”, argumentou Samara Dantas.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *