Rosalba mente cinco vezes em postagem no Instagram

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) fez um post ontem no Instagram em que faz um balanço da gestão e anuncia que é pré-candidata a prefeita nas eleições de 15 de novembro.

A reflexão sem autocrítica (é ela não reconhece nenhum erro) traz uma série de informações inverídicas que só os seus devotos e os mais desinformados vão acreditar, mas é para este segundo grupo que vamos contribuir com esta matéria desconstruindo cada uma das informações improcedentes.

São cinco mentiras ao todo distribuídas nos quatro tópicos abaixo.

Diz Rosalba:

“Tenho certeza que você lembra como estava Mossoró 4 anos atrás: salários atrasados, sem iluminação, sem obras, até o comércio não queria mais vender ao Município porque sabia que não recebia”.

Os fatos: realmente houve vários atrasos de salários na gestão de Francisco José Junior, inclusive, ele entregou o cargo com dois meses em aberto. Mas não procede que a cidade estava SEM ILUMINAÇÃO. Ela fala como se a cidade estivesse totalmente às escuras, um exagero. Rosalba fala que a cidade estava sem obras, mas ela sequer terminou algumas deixadas pela gestão anterior como a Creche do Vingt Rosado que tem previsão de ser entregue este mês em pleno início do processo eleitoral após se arrastar por toda gestão. A prefeita conta também que “comércio local não queria mais vender ao município”. Procuramos no Google notícias relacionadas a esse fato e não há qualquer menção a isso como fica demonstrado nos dois links entre parênteses (https://bityli.com/8X2j8 e https://bityli.com/j1DET).

Diz Rosalba:

“Assumimos o compromisso de colocar os salários em dia e colocamos, assumi o compromisso de recuperar o crédito da cidade para obras e não apenas conseguimos , mas já começamos a executar”.  

Os fatos: Rosalba até pegou esse jornalista desprevenido quando informou que quitou os salários atrasados de 2016. Mas segundo o Sindserpum (checamos antes de escrever este texto) os retroativos de maio, junho e julho ao reajuste daquele ano nunca foram pagos (http://blogdobarreto.com.br/sindicato-afirma-que-prefeitura-de-mossoro-ainda-nao-quitou-folha-de-2016/). Além disso, ao longo de toda a gestão Rosalba atrasou os salários chegando a quitar a folha de outubro do ano passado apenas no mês de dezembro (http://blogdobarreto.com.br/confira-o-calendario-de-pagamento-de-novembro-e-data-da-quitacao-da-folha-de-outubro-dos-servidores-da-prefeitura-de-mossoro/). Os pagamentos sempre foram fatiados separando salário base e adicionais. Sem contar que este ano com a desculpa da pandemia ela deixou de pagar o 13º aos aniversariantes do mês. Ainda temos os constantes atrasos na contribuição patronal da Previ-Mossoró (http://blogdobarreto.com.br/prefeitura-de-mossoro-e-que-mais-deixou-de-fazer-repasses-previdenciarios-no-rn-aponta-tce/) e os descontos dos empréstimos consignados (http://blogdobarreto.com.br/servidora-denuncia-prefeitura-de-mossoro-por-descontar-e-nao-repassar-valores-de-emprestimos-consignados/) e contribuição previdenciária dos servidores sem o devido repasse (http://blogdobarreto.com.br/presidente-do-previ-classifica-como-preocupante-atrasos-de-repasses-da-prefeitura/).

Diz Rosalba:

“Muita coisa foi feita: olhe o reequilíbrio com os salários até dos terceirizados em dia”.

Os fatos: os salários dos terceirizados seguem atrasando. Hoje cedo noticiamos mais um caso (http://blogdobarreto.com.br/terceirizadas-da-prefeitura-de-mossoro-seguem-rotina-de-salarios-atrasados/) e checamos com Sindicato dos Trabalhadores em Asseio, Conservação e Limpeza Urbana do RN (Sindlimp) que várias dívidas estão sendo tratadas em disputas na Justiça do Trabalho. Da empresa Vagalume os ex-funcionários lutam para receber cinco meses de salários, os da Art Service lutam por oito meses atrasados e o único acordo firmado é com os servidores da Prime para quitar pagamentos de 13 meses (quatro de 2016 e nove de 2018) que foram parcelados em três anos, com previsão de ser tudo pago ano que vem. Sem contar que as empresas que atrasam salários são constantemente premiadas com novos contratos milionários (https://mossorohoje.com.br/noticias/30206-terceirizada-ganha-novo-contrato-de-quase-r-17-milhoes-com-a-pmm).

Diz Rosalba:

“…tantos projetos inovadores como o Ônibus Inteligente”.

Os Fatos: não chega a ser uma informação totalmente inverídica. Realmente o aplicativo para acompanhar o trajeto dos ônibus existe, mas a prefeita omitiu que é obra da empresa Cidade do Sol (http://blogdobarreto.com.br/aplicativo-para-monitoramento-do-transporte-publico-deve-ficar-pronto-em-60-dias/). O aplicativo prometido para a marcação das consultas na saúde nunca saiu do status de promessa de campanha.

Além disso, o transporte segue deficiente e deficitário. Primeiro porque alguns bairros não tem linhas de ônibus como o Odete Rosado. Segundo que a empresa Cidade do Sol tem sofrido com a queda de receitas (https://mossorohoje.com.br/noticias/31344-empresa-de-transporte-coletivo-tem-receita-reduzida-em-90-em-mossoro) que se intensificou com a pandemia, mas a fragilidade do nosso transporte público é um problema antigo. (http://blogdobarreto.com.br/cidade-do-sol-alerta-para-dificuldades-para-se-manter-em-mossoro-apos-nova-alta-do-diesel/).

O restante da postagem cai no campo da subjetividade  como quando ela afirma que a “casa está arrumada” e nas perspectivas da campanha.

Veja o post de Rosalba:

View this post on Instagram

Coloquei meu nome à disposição do meu partido e da cidade em 2016 para superar a grande crise que a cidade estava passando. Tenho certeza que você lembra como estava Mossoró 4 anos atrás: salários atrasados, sem iluminação, sem obras, até o comércio não queria mais vender ao Município porque sabia que não recebia. Assumimos o compromisso de colocar os salários em dia e colocamos, assumi o compromisso de recuperar o crédito da cidade para obras e não apenas conseguimos , mas já começamos a executar. Assumimos o compromisso de tirar vários projetos do papel e mesmo com as dificuldades, nós realizamos. Enfrentamos inúmeros desafios e estamos superando e vencendo todos, o mais recente, uma pandemia sem precedentes e que nossa cidade está superando com altivez. Fizemos muito, mas ainda podemos fazer muito mais! Está tudo resolvido? Claro que não, seria uma mentira afirmar isso, assim como é uma mentira afirmar que nada foi feito. Muita coisa foi feita: olhe o reequilíbrio com os salários até dos terceirizados em dia, olhe o parque municipal, a praça da criança, veja mais de 60% da cidade com lâmpadas de Led, novos calçamentos e pavimentações e tantos projetos inovadores como o Ônibus Inteligente. Agora, a casa está arrumada, promovemos uma recuperação e esse era o passo necessário para embalar e deslanchar de vez. Mossoró se recuperou e já fez uma grande mudança em apenas 3 anos e meio. Mas agora, com tudo no seu devido lugar, estamos recebendo projetos dos cidadãos, da classe acadêmica, produtiva e vamos, sem dúvida, acelerar nosso desenvolvimento. Sem dúvida fizemos o alicerce de um novo salto na cidade. O processo já foi iniciado e com diálogo e fé vamos continuar na batalha para a cidade seguir mudando. Agora, num novo momento, que já foi iniciado. Vamos em frente! Embalar, crescer, desenvolver pra valer. Ainda há muito a ser feito e vamos mostrar que Mossoró não pode perder o rumo que já encontrou. Sou, sim pré-candidata a fazer o melhor mandato da minha vida!! #RosalbaCiarlini #PréCandidatura

A post shared by Rosalba Ciarlini (@rosalbaciarlini) on

Compartilhe:

Governadora perseguiu corregedor da PM? O Blog conferiu para você

Coronel Edmundo deixou cargo para disputar eleições (Foto: Canindé Soares)

A notícia que circula nas redes sociais é de que a governadora Fátima Bezerra (PT) exonerou o coronel Edmundo Clodoaldo da Silva Júnior, do cargo de corregedor auxiliar de disciplina da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do RN.

A interpretação vigente é de que ele teria sido exonerado por ter saído em defesa dos militares envolvidos no lamentável episódio ocorrido no último dia 11 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Logo surgiu a tese de que a governadora estaria perseguindo o militar.

No entanto, documentos mostram que Edmundo se afastou do cargo hoje em cumprimento ao que determina a legislação eleitoral. Ele é pré-candidato a vereador pelo Republicanos.

Em síntese: a saída de Edmundo do cargo pode até ser confortável para o Governo Fátima, mas ela ocorre por motivação diferente do que está sendo propagado.

Confira os documentos:

Ass. Of. Apres.

Requerimento

 

 

Compartilhe:

A foto da quentinha indicada como servida aos servidores do Hospital Tarcísio Maia procede? Checamos para você

Circula nos grupos de Whatsapp uma foto de uma gororoba oferecida aos servidores do Hospital Regional Tarcísio Maia. Como de praxe o assunto ganhou uma enorme proporção e críticas duras à governadora Fátima Bezerra (PT).

Mas a foto procede? O Blog do Barreto checou e confirma. A imagem e o contexto são verdadeiros como atesta a coordenadora do Setor de Nutrição do HRTM Leodise Cruz:

“O que aconteceu foi que um servidor novato, copeiro, que acabou de chegar do processo seletivo, errou na execução, mesmo ele tendo uma orientação de quantidades! Bastava o pessoal ter ligado para o setor e informado e pedido para recolher e refazer a quentinha como outros setores o fizeram! Ocorre que o pessoal da UTI-Covid tem esse tipo de comportamento! Essa refeição é a ceia (um lanche servido as 21 horas) que mesmo sendo lanche, em virtude de reclamações na mídia também, quando servimos cachorro quente, resolvermos fazer um mini jantar! Então amigo, não justifica essa foto para as mídias! Temos muita comida, de boa qualidade, bem preparada, saborosa é que o servidor pode repetir o prato quantas vezes quiser. Como o pessoal da covid-19 não pode sair para o refeitório nós enviamos para eles lá em quentinhas! Eles podem sim telefonar no setor, pedir para refazer e isso já se orientou várias vezes, mas preferem se fazer isso!”.

Compartilhe:

Houve aplicação de multa R$ 70 mil em bar? O Blog do Barreto foi conferir

Movimento em bar termina com ação da PM (Foto: cedida)

Ontem estourou no submundo dos grupos de Whtasapp a história de que uma batida policial no Bar do Jacaré no Bom Jeseus em Mossoró. A história é verdadeira, mas o restante fica por conta da criatividade alheia.

Logo surgiram os boatos de que foram aplicadas multas de R$ 70 mil para o proprietário e R$ 180 para cada um dos que estavam presentes.

Essa segunda informação não procede.

De fato, a Polícia Militar foi ao local e encerrou a festa que juntou cerca de 200 pessoas desrespeitando o isolamento social. O bar foi fechado e o proprietário foi a Delegacia de Plantão lavrar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

O Blog do Barreto conversou com Major Lima, comandante do 12º Batalhão da PM. Ele explicou que nenhuma multa foi aplicada no ato de ontem porque esta é uma função da Vigilância Sanitária que só foi acionada quando já estavam fazendo o procedimento na Delegacia de Plantão. “O proprietário vai se apresentar ao Juizado Criminal Especial em audiência e é possível que lá o juiz arbitre uma multa”, explica.

O Major Lima reforça a importância das pessoas evitarem aglomerações. “A população deve se precaver mais tendo em vista que os leitos da cidade estão lotados e a pandemia ainda existe”, complementa.

Ninguém foi detido.

 

Compartilhe: