O Blog do Barreto vai parar por um tempo

tempo_de_trabalho

Essa decisão começou a ser tomada no dia 31 de dezembro quando meus familiares curtiam o último dia do ano na paradisíaca praia de São Cristóvão e eu estava há horas postando tudo sobre os bastidores da formação do secretariado da prefeita eleita Rosalba Ciarlini (PP).

Percebi naquele momento, em meio aos constantes chamados dos que cobravam a minha presença, que estava exagerando na dedicação ao trabalho e dando as costas as pessoas que amo e gosto de conviver.

Durante quase dois anos foi uma busca intensa pela informação. Erramos, acertamos e tentamos fazer o melhor mesmo com as nossas limitações.

Mas inaplicável atualizar um blog diariamente nos moldes em que estava fazendo tendo outras responsabilidades como dirigir a Agência de Comunicação da UERN e tocar o Meio-Dia Mossoró além de minhas atribuições na TCM (gravar comentários, editar e apresentar as entrevistas do Plenário TCM). Resumindo: estava praticamente vivendo para trabalhar e deixando a minha vida pessoal muito em segundo plano. Não tinha tempo para cuidar adequadamente da saúde, dar atenção ao meu filho e quando saia da rotina de trabalho a ansiedade tomava conta. “E se acontecer algum fato importante?”, era a pergunta que eu fazia antes decidir buscar um momento de lazer.

A decisão definitiva foi tomada após uma conversa com meu filho pedindo mais atenção reforçada pelos constantes pedidos de minha esposa para eu trabalhar menos. Ele queria um pais menos ausente, ela temendo até pela minha saúde.

Chegou a hora de fazer uma escolha e dar um tempo no Blog foi a decisão mais sensata que eu poderia tomar nesse momento. Há planos de voltar com um novo formato de conteúdo, mais focado na análise política e nos artigos. A notícia em primeira mão deixará de ser uma prioridade. Mas para fazer isso vou precisar dar um tempo para “desintoxicar” desse vício chamado blogosfera.

Além disso, preciso de um tempo para tirar do papel alguns projetos da UERN como o nosso programa na TV, fazer a revista da gestão que finaliza em setembro bem como ajustes necessários no Meio-Dia Mossoró para dar ainda mais qualidade ao programa campeão de audiência no horário das 12h. Também tinha uma necessidade de retomar uma rotina maior de leituras, que o blog atrapalhava a concentração necessária.

Sem contar os dois livros que estão no forno e não saem do papel por falta de tempo.

Não seria justo com a nossa meia-dúzia de leitores fieis simplesmente parar de atualizar ou diminuir a intensidade das postagens sem dar uma explicação. Não seria transparente como sempre busquei ser. Comigo é assim: ou faz dando o melhor de si ou não faz.

A decisão estava tomada há alguns dias e iria ser anunciada no domingo, mas em nome da necessidade de registrar as homenagens ao ex-reitor da UERN Milton Marques adiei para hoje.

Posso voltar com o Blog daqui há um ano ou um mês, mas será na hora certa para atuar numa outra vibe.

Então até breve!

Compartilhe:

Robinson estaria com medo da imprensa de Mossoró?

Robinson

Começo o texto respondendo a pergunta do título e afirmo que sim. Por que? São as evidencias que me levam a isso. Veja só: semana passada o governador Robinson Faria (PSD) cumpriu agenda no entorno de Mossoró. O natural seria desembarcar no Aeroporto Dix-sept Rosado, mas de última hora desceu em Assu.

Na volta a informação passada ao aeroporto mossoroense de onde o governador voltaria para Natal era de que ele retornaria por volta das 20h30, mas o governador acabou indo às 19h30.

Hoje ele cumpre agenda em Mossoró. A imprensa estava toda presente para aguardar o início das ações no Abrigo Amantino Câmara quando fomos “avisados” que o governador iria direto para o Santo Antonio lançar o Ronda Cidadã. Chegando lá após uma hora de espera somos informados pelas redes sociais oficiais que ele estava cumprindo a agenda inciando pelo Amantino Câmara conforme o anunciado inicialmente.

Pior que isso: chegou a ter o “aviso” de que antes do Ronda Cidadã ele iria ao Restaurante Popular. Confuso né? Se coloque no lugar dos jornalistas que ficaram como baratas tontas de um lado ao outro.

Pode até ter tido um ruído de comunicação, mas as evidências mostram o contrário. Afinal de contas os problemas do governo Robinson em Mossoró se avolumam e a imprensa mossoroense não tem amarras que impeçam certas perguntas.

Como eu tinha outros compromissos não fiquei mais tempo esperando o governador. Se tivesse teria formulado essas perguntas:

1) Em uma semana tivemos uma chacina, um carro forte explodido, uma delegacia incendiada e um motim na Penitenciária Mário Negócio. O que o senhor tem a dizer ao povo de Mossoró?

2) O senhor vai colocar num espaço privado uma nova Central do Cidadão ou vai transferir para lá a que se encontra na Rodoviária, um prédio público?

3) O senhor prometeu ao povo de Mossoró que iria comemorar seu aniversário em 12 de abril trazendo um voo comercial para a cidade, mas essas promessa não será cumprida. Qual a sua explicação ao povo de Mossoró?

4) O senhor poderia explicar aos servidores estaduais os motivos para ter enviado uma reforma da previdência em que aumenta de 11 para 14% a contribuição dos trabalhadores?

5) O senhor vai reter o duodécimo do judiciário utilizando-se da autorização dada pelo ministro do STF Marco Aurélio Mello?

Infelizmente meus colegas até tentaram fazer essas e outras perguntas, mas o governador foi providencialmente puxado pelo braço após respostas evasivas conforme meus colegas relataram.

Posso até estar sendo injusto com o governador, mas as evidências mostram que ele anda temeroso em manter contato com a imprensa local.

Compartilhe:

Leitor faz apelo à Cosern por fim das quedas de energia

Bom Noite Bruno Barreto.

Quero aqui fazer um apelo sobre a COSERN, pois aqui no meu bairro no Alto do Sumaré, conjunto Monte Olimpio, onde semana passada fomos notícia na mídia Estadual em relação a enchente.

Pois desta feita a COSERN vem nos prejudicado com as quedas e Falta de Energia constantemente. A última ocorreu as 19:30 da noite deste último Domingo 05/03/2017 e só retornando as 02:35 da madrugada de 06/03/2017 de Segunda feira.

Essas quedas de Eletricidade no nosso conjunto é normal toda semana acontece isso, a diferença é que as vezes volta rápido e em outras só retorna praticamente no outro dia, quando a queda de Energia é durante a noite. Na noite dessa segunda 06/03 as 18:25 mais uma falta de energia.

Pagamos caro todos os tributos, para termos um serviço de péssima qualidade. Semana passada na mídia Nacional foi divulgada quer no Brasil em 2016 sobrou Energia, e agente aqui falta constantemente.

Obrigado pela Atenção. Wagner Sanches!!!

Compartilhe:

Quem é mesmo o mentiroso, governador?

Diz o dicionário que mentir “dizer, afirmar ser verdadeiro (aquilo que se sabe falso)”. Do ponto de vista filosófico o ato de mentir é um recurso para obter uma vantagem. Na política é um instrumento para obtenção de poder.

Para chamar alguém de mentiroso é preciso ter sobre a pessoa um conjunto de informações que coloque a mentira como um ato recorrente naquela personalidade.

Pois bem… o governador Robinson Faria (PSD) enviou para este humilde operário da informação do interior do Estado uma carta em que fui acusado de ser “mentiroso”. Quem me conhece e me acompanha sabe que essa palavra não existe no meu vocabulário profissional. No caso do badalado casamento da filha do governador, aquela que estava no rol de servidores da Assembleia Legislativa sob suspeitas fantasmagóricas, eu não menti. Tomei como base o que os colegas de Natal escreveram.

No artigo que escrevi (é no mínimo preciso saber diferenciar um artigo de uma matéria para questionar o profissionalismo de um jornalista) eu critiquei a ostentação do casório badalado da filha de um governador. Até entendo que o senhor é rico e tem o direito de dar um festão. O problema é que a vida pública existe renúncias e no seu caso, o povo está revoltado com a sua insensibilidade em um contexto em que milhares de pais de família não sabe se terão dinheiro para garantir um natal digno para seus filhos justamente porque o seu governo não consegue fazer o básico: pagar os servidores em dia. Foi esse o foco do texto.

Pouco importa se Paula Fernandes cantou uma, duas ou dez músicas. Ela veio. A vinda dela provocou desconfianças. Pelo seu conjunto da obra tinha que desconfiar mesmo. O bom jornalista é o que sempre desconfia dos políticos e faz perguntas que o povo gostaria de fazer. É isso que sempre fiz provocando irritação no senhor em diversas ocasiões. Talvez seja por isso que o senhor tantas vezes evitou ser entrevistado por esse humilde operário da informação do interior do Rio Grande do Norte.

Mas voltando ao foco da questão. Quem é o mentiroso mesmo, governador?

O senhor gaba-se de ter aberto mão da residência oficial. Diga-se de passagem, um gesto que eu aplaudi. O senhor diz na carta que usa seu carro particular. Então por que cargas d’água o senhor colocou no Diário Oficial do Estado uma contratação para blindar o carro oficial que usa? Ou o senhor estaria blindando seu carro particular com dinheiro público? Se for isso, não seria improbidade administrativa?

Se o senhor abre mão de privilégios por que então fica uma viatura parada 24 horas em frente ao condomínio onde fica sua casa de praia em Pirangi? Sei que o senhor tem direito a ter a proteção da Polícia Militar, mas quem abre mão de privilégios e é rico pode muito bem contratar seguranças particulares liberando os policiais para proteger o povo.

O senhor prometeu em praça pública que seria o “governador da segurança”. Até aqui a violência só aumentou na sua gestão. Sua viagem à Colômbia não passou de uma mera ação de marketing.

Natal só aparece no noticiário com notícias de bandidos incendiando ônibus. Por sinal, cinco deles foram alvos de assaltos nesse final de semana na capital, três só na Bernardo Vieira.

Aqui em Mossoró, terra que o senhor se diz grato e que há dois anos promete retribuir a votação que teve, cidade já pulverizou o recorde de homicídios. Já são mais de 210 mortes violentas fazendo da cidade uma das mais violentas do país. Até o mundo mineral sabe que isso se passa por conta da guerra do tráfico de drogas. Mas seu governo nada fez. O senhor há dois anos promete uma tal de “Ronda Cidadã” que nunca sai do papel.

O senhor prometeu ser um governador parceiro do servidor público. Mas até aqui o que tivemos foram greves e mais greves. Os salários estão atrasados e não há a menor ideia de como será pago o 13º salário. O senhor chegou ao disparate de sugerir que os sofridos barnabés contraiam empréstimos tendo o governo como avalista. O Banco do Brasil rejeitou a ideia. Por que será? Não seria uma desconfiança da capacidade de seu governo cumprir compromissos?

Governador, o senhor deu a palavra que o 13º seria pago.  Tem até o dia 20 de dezembro para cumprir. Se não cumprir, o servidor deve chamar o senhor de que mesmo?

O senhor prometeu que o Hospital da Mulher não fecharia, mas aconteceu exatamente o contrário. A desculpa da ação judicial é um mero recurso retórico que não resiste a uma conversa com um servidor do equipamento de saúde fechado. Afinal de contas, o senhor deixou aquela unidade hospitalar morrer por inanição.

O senhor prometeu ser um governador presente em Mossoró e há nove meses não cumpre uma agenda aqui por causa da sua briga com o prefeito Francisco José Junior (PSD). O senhor colocou a segunda maior cidade do Estado abaixo das questões políticas.

Passaria horas elencando suas promessas não cumpridas. Mas em respeito ao meu leitor vou parar por aqui porque espero com esse texto dar a polêmica por encerrada por ter outras notícias para dar ao meu público.

Ficou bem claro quem é o mentiroso nessa história.

Compartilhe:

Blog volta a ser atualizado em instantes

Alguns problemas de ordem tecnológica impediram a atualização do Blog do Barreto nas primeiras horas de hoje. Com isso deixamos passar em branco notícias importantes como a Operação Didática que afastou a prefeita de Baraúna Luciana Oliveira, os pedidos de explicação da Justiça Eleitoral a respeito das contas dos eleitos em 2 de outubro e tantas outras informações importantes.

Mesmo se tratando de algo que fugiu da nossa responsabilidade pedimos desculpas aos leitores.

Compartilhe:

Blog do Barreto também errou

Abertas as urnas é sempre bom comemorar os acertos. Mas nem tudo são flores. Não somos infalíveis e também erramos nas nossas avaliações. Com transparência, o Blog do Barreto também presta contas dos seus erros.

Uma de nossas expectativas que não se concretizaram foi relativa às abstenções. Esperava que 20% dos eleitores mossoroenses não comparecerem às urnas. Não teve “feriadaço” que desse jeito. Os ausentes totalizaram 13,59%. Essa abstenção acabou influenciando pouco no pleito.

Outra avaliação errada foi a respeito do acirramento na majoritária. Esperava uma disputa mais apertada com base no comportamento da prefeita eleita Rosalba Ciarlini (PP) que tinha abandonado o estilo paz e amor e partido para o ataque contra Tião Couto (PSDB). As pesquisas de consumo interno que o blog teve acesso também mostravam um cenário diferente. Se a maioria não foi estelar, também não tivemos uma eleição apertada como em 2012. A maioria de Rosalba ficou parecida com as que o grupo dela sempre impôs ao de Sandra Rosado (PSB) na maioria das eleições desde 1988.

Errando ou acertando a intenção é sempre escrever com sinceridade e ser fiel aos fatos.

Compartilhe:

Blog tem quase 100% de aproveitamento em projeções para Câmara Municipal

No dia 30 de agosto este operário da comunicação que vos escreve mais uma vez ousou e fez a projeção de quantos vereadores cada chapa faria e quais os nomes que possuem mais chances de se elegerem. Elaboramos ainda uma lista complementar com os nomes que poderiam surpreender no dia 1º de setembro.

Muita gente considerou loucura fazer essa análise há dez do pleito. Mas não se trata de mera opinião. A nossa análise foi feita com base com as estruturas e votações anteriores dos candidatos. Ainda contamos com a ajuda de articuladores políticos acostumados a formarem nominatas vitoriosas.

Com isso, erramos apenas quando dissemos que o PSDB faria uma cadeira. Essa vaga acabou sendo a segunda do PMN que projetamos ter uma.

Na lista de favoritos e surpresas só erramos ao não citarmos Didi de Arnor (PRB) e Emílio Ferreira (PSD).

Confira as projeções das coligações AQUI

Confira a lista de possíveis surpresas AQUI

Utilizando dados históricos a respeito do desempenho de vereadores eleitos ao longo dos anos e calculando que o excesso de candidatos frustrariam as perspectivas de votações estelares de Sandra Rosado (PSB) e Betinho Rosado (PP). Erramos apenas ao esperar uma votação superior a três mil votos para os ex-deputados. Sandra, tida como favorita, foi apenas a sexta mais votada. Betinho, prejudicado pela inelegibilidade, teve apenas 433 sufrágios.

Confira AQUI 

Compartilhe:

Meus votos

Como faço todos os anos revelo meu voto um dia após a eleição. Não que seja obrigado a fazer isso, mas considero um gesto de respeito aos meus leitores. Nada mais que um gesto de transparência.

Então vamos lá:

Meu prefeito foi Gutemberg Dias (PC do B). Escolha com viés ideológico, mas também por considerá-lo o candidato mais preparado.

Vereador meu candidato foi Gilson Cardoso (PRB). Mais que um voto a um amigo de longas datas, foi por acreditar que ele seria um bom parlamentar.

Aos que foram eleitos, o Blog do Barreto deseja sucesso. Mossoró precisa.

Compartilhe: