Equipe de jornalismo da TCM passa por treinamento eleitoral

A equipe de jornalismo da TCM, liderada pelo diretor de jornalismo Moisés Albuquerque, recebeu, agora à noite, a segunda e última parte do treinamento sobre o uso de dados eleitorais para as Eleições 2018. Em foco, os tipos de pesquisas, diferenças de métodos de coleta e regras de divulgação.

Moisés Albuquerque passou  por curso promovido pela Abraji (Associação de Jornalismo Investigativo) para trazer à nossa redação (jornalistas, pauteiros e editores) orientações para uma cobertura isenta e responsável pautada na legislação eleitoral, características que a cada ano aprimoram o trabalho desenvolvido pela TV Cabo Mossoró e que construíram a credibilidade da emissora em todos esses anos.

Compartilhe:

MP denuncia deputado por passar informações falsas sobre servidora fantasma

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através do procurador-geral de Justiça, denunciou à Justiça potiguar o deputado estadual Nelter Queiroz pela prática dos crimes de estelionato contra a fazenda pública e falsidade ideológica. Entre 24 de julho de 2007 e 16 de março de 2016, o parlamentar inseriu informações falsas em documentação sobre a frequência de uma servidora “fantasma” da Assembleia Legislativa (ALRN).

Com o ato, o denunciado obteve vantagem ilícita em favor de Kadydja Rosely Varela da Fonseca e em prejuízo ao Estado do Rio Grande do Norte. Assim, o MPRN está pedindo que a Justiça receba a denúncia e determine o sequestro e perdimento dos bens do denunciado – com arbitramento do dano mínimo, a ser revertido em favor do Estado no montante de R$ 1.018.825,71, devidamente atualizados com juros e correção monetária.

O valor corresponde ao que a servidora recebeu sem trabalhar no período mencionado, com a permissão do deputado, que era seu chefe imediato. Ou seja, Nelter Queiroz foi o responsável pela manutenção de Kadydja Rosely na relação de pagamento da casa legislativa, para o recebimento de remuneração sem que existisse qualquer contraprestação, uma vez que a servidora estava morando em Foz do Iguaçu.

O MPRN ressalta que era do inteiro conhecimento do denunciado a condição de “fantasma” de Kadydja, pois a servidora era lotada em seu gabinete. A gravidade da conduta evidencia-se quando o deputado, em documento anexado aos autos, informou que a servidora cumpria expediente regular no setor de lotação.

Inclusive, ambos já tiveram a indisponibilidade de bens decretada pela Justiça e são réus em uma ação civil pública que pede a responsabilização dos dois pelos atos de improbidade administrativa.

Compartilhe:

Geraldo Melo tem fortuna três vezes maior que a soma do patrimônio de todos os adversários juntos

Com uma fortuna de R$ 29.253.473,66 o ex-senador Geraldo Melo é o candidato ao Senado mais rico nestas eleições. A soma de todos os adversários juntos dá R$ 9.923.951,14.

O patrimônio dele é três vezes maior que a soma de todos os adversários juntos.

Confira a declaração de bens apresentada pelos candidatos ao Senado na Justiça Eleitoral:

 

Candidatos Patrimônio
Geraldo Melo (PSDB)

 

R$ 29.253.473,66
Antônio Jacome (Podemos)

 

R$ 2.602.620,00
Alexandre Mota (PT) R$ 2.355.133,88
Dra. Zenaide (PHS) R$ 2.026.287,67
Jurandir Marinho (PRTB) R$ 1.139.181,10
Garibaldi Filho (PMDB) R$ 1.136.414,50
Dr. Joanilson (DC) R$ 399.374,84
Professor Lailson (PSOL)

 

R$ 142.050,62
Capitão Styvenson (REDE) R$ R$73.000,00
Telma Gurgel (PSOL)

 

R$ 49.887,87
Ana Célia (PSTU)

João Morais (PSTU)

Levi Costa (PRTB)

Magnólia (Solidariedade)

 

Não declararam bens
Compartilhe:

Candidato a deputado deve perder apoio de vereador

Pressão palaciana deve levar vereador a recuo

A inusitada aliança entre o candidato a deputado estadual Jorge do Rosário (PR) e o vereador Manoel Bezerra de Maria (PRTB) não deve durar muito tempo.

Bezerra é governista. Rosário oposição.

A pressão palaciana é para que o vereador recue do apoio e integre a campanha da deputada estadual Larissa Rosado (PSDB), candidata preferencial do rosalbismo.

Ainda voltaremos ao assunto.

Compartilhe:

Confira a evolução patrimonial dos candidatos ao Governo

Além de ser o candidato mais rico entre os postulantes ao Governo do Rio Grande do Norte (ver AQUI), o governador Robinson Faria (PSD) é quem apresentou a maior evolução patrimonial num comparativo com a última declaração de bens a Justiça Eleitoral.

Em quatro anos ele ficou R$ 2.252.185,01 mais rico. Vale frisar que o governador é dono de várias empresas.

O único candidato que ficou mais pobre num comparativo com a última declaração de bens é o ex-prefeito de Olho D´água dos Borges, Brenno Queiroga (SD) que diminuiu em R$ 249.000 patrimônio após tentar sem sucesso se reeleger há dois anos.

Confira a evolução patrimonial de todos os candidatos.

Candidato Declaração em 2018 Última declaração/ano Saldo
Robinson Faria R$ 10.586.005,00 R$8.333.819,99/2014 +2.252.185,01
Carlos Alberto Medeiros R$ 4.922.716,02 R$3.165.008,83/2014 +1.757.707,19
Carlos Eduardo Alves R$ 3.522.502,89 R$1.994.985,41/2016 +1.527.517,48
Brenno Queiroga R$ 975.000,00 R$1.224.000,00/2016 – 249.000
Fátima Bezerra R$ 807.668,42 R$558.000,00/2014 +249.668,42
Dário Barbosa R$ 215.000,00 R$140.333,00/2016 +74.667
Freitas Júnior R$ 1.103,20 0/2016 + R$ 1.103,20
Heró Bezerra 0 0/2016 0
Compartilhe:

Declaração de bens de candidatos ao Governo varia de zero a R$ 10,5 milhões

Com R$ 10.586.005,00, o governador Robinson Faria (PSD) é o mais rico entre os candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte. Além dele integram a lista de milionários Carlos Alberto Medeiros (PSOL) com R$ 4.922.716,02 e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) com R$ 3.522.502,89.

O candidato mais “liso” é Heró Bezerra (PRTB) que declarou não ter bens.

Confira os valores abaixo.

Candidato Declaração em 2018
Robinson Faria R$ 10.586.005,00
Carlos Alberto Medeiros R$ 4.922.716,02
Carlos Eduardo Alves R$ 3.522.502,89
Brenno Queiroga R$ 975.000,00
Fátima Bezerra R$ 807.668,42
Dário Barbosa R$ 215.000,00
Freitas Júnior R$ 1.103,20
Heró Bezerra R$ 0

Nota do Blog: ainda hoje traremos a evolução patrimonial dos candidatos.

Compartilhe:

Tião tem duas opções para deputado federal

O grupo de Tião Couto (PR) terá candidato a deputado federal evitando deixar um vácuo eleitoral dentro de Mossoró.

São trabalhadas duas opções: o vereador Alex do Frango (PMB) e o ex-deputado federal João Maia (PR).

Ontem no Meio-Dia Mossoró (95 FM) evitou cravar em que votaria. Disse que o nome seria definido em reunião com o grupo.

Compartilhe:

Vereador declara apenas R$ 7 mil em bens

O vereador Flávio Tácito (PPL) declarou à Justiça Eleitoral que tem R$7.182,91 em bens. Ele é candidato a deputado estadual nas eleições deste ano.

Flavinho, como é conhecido, declarou ter R$ 46.288 em bens nas eleições de 2016. O patrimônio do parlamentar despencou 85% em dois anos.

O salário de um vereador é de R$ 12.600,00.

Compartilhe:

OFICIAL: Governo anuncia pagamento do 13º de 2017 para quem recebe entre R$ 3 e R$ 4 mil

O Governo do Estado paga nesta sexta-feira (17) o décimo-terceiro de 2017 para quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 4 mil, atingindo o número de 84 mil servidores ativos e inativos com décimo pago, equivalente a 75% do total de 111 mil servidores.

Com o pagamento de amanhã, 81% dos policiais militares do RN terão recebido o décimo. Os salários estão 100% em dia e sobre os 25% restantes do décimo, para salários acima de R$ 4 mil, o Governo informa que segue acompanhando as receitas, para anunciar em breve a finalização do pagamento.

No último dia 10 de julho receberam antecipação de 40% do décimo terceiro de 2018 os servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta com arrecadação própria.

 

Compartilhe:

Filho de pré-candidato a deputado é assassinado em sequestro relâmpago

G1 RN

O filho do ex-prefeito de Lajes Benes Leocádio (PTC), pré-candidato a deputado federal, foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (15) em um sequestro relâmpago na capital potiguar. Benes Júnior tinha 16 anos.

De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente foi abordado por criminosos quando foi buscar documentos dentro do carro que estava estacionado na Avenida Romualdo Galvão, no Tirol. Os criminosos roubaram o carro e levaram o adolescente como refém.

Ainda segundo informações da PM, os dois criminosos circularam por quase uma hora com o adolescente até que se depararam com uma viatura na Avenida Moema Tinoco, na Zona Norte de Natal. Houve perseguição e troca de tiros com a polícia.

Um criminoso e o adolescente foram baleados. O jovem foi levado para UPA do Pajuçara, na Zona Norte de Natal, mas chegou morto ao local. Um criminoso também morreu. O outro bandido foi preso e levado para a Central de Flagrantes.

Benes Leocádio foi cotado para ser candidato a vice-governador na chapa de Robinson Faria, mas não aceitou para se candidatar a deputado federal.

Compartilhe: