CCJ da Assembleia arquiva ação que poderia afastar Robinson do cargo

Disson Lisboa
Texto de Disson Lisboa foi aprovado por unanimidade

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa decidiu por unanimidade encaminhar para a Comissão de Finanças e fiscalização o pedido de investigação por crime de responsabilidade contra o governador Robinson Faria (PSD).

A decisão seguiu o relatório do deputado Disson Lisboa (PSD). A CCJ aprovou o arquivamento da Notícia de Fato encaminhada pela Procuradoria Geral da República  sobre a prestação de contas do Governo Robinson Faria (PSD), referente ao exercício de 2016, que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) encaminhou à Assembleia Legislativa com desaprovação por unanimidade no plenário daquela Corte.

“O ofício encaminhado à presidência do Legislativo e remetido para análise nesta Comissão não contém nenhuma denúncia. É apenas uma notícia de fato. Não há representação por qualquer crime. Como já há matéria sobre a prestação de contas tramitamos na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), vamos remeter ao presidente desta Casa para que seja anexada a matéria que tramita na CFF”, disse o deputado Disson Lisboa logo após aprovada a decisão.

As contas de Robinson Faria relativas ao ano de 2016 foram aprovadas na terça-feira.

Participaram da reunião os deputados Disson Lisboa, Albert Dickson (PROS), Nelter Queiroz (MDB), Larissa Rosado (PSDB), José Adécio (DEM), George Soares (PR) e Márcia Maia (PSDB).

Com informações da Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa

Foto: Eduardo Maia

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *