Chamem a “Mão Branca”

Dentro os jornais antigos que pesquiso para minha dissertação de mestrado, encontro fatos curiosos que aos poucos vou trazendo à tona neste Blog do Barreto. Hoje pela manhã um assunto me chamou a atenção em meio as confusões entre Rosados, Maias e Alves: a violência que começava a tomar conta da cidade já no comecinho dos anos 1980.

Numa das manchetes de O Mossoroense de junho de 1980 um fato me provocou reflexão: a notícia sobre uma possível vinda do grupo de extermínio “Mão Branca” liderado por policiais de Campina Grande (PB). A mera possibilidade causou pânico entre os bandidos conforme as publicações da época.

Numa das edições O Mossoroense chegou a publicar a lista dos bandidos mossoroenses marcados para morrer nas mãos dos policiais “justiceiros”.

O curioso é que a noticia meramente especulativa assustou os bandidos da época segundo O Mossoroense. A bandidagem preferiu se esconder com medo.

Claro que não é o caso de se chamar policiais para fazerem justiça com as próprias mãos, mas o cumprimento das leis e um Código Penal rígido e com previsão da obrigatoriedade do trabalho para os apenados teria um efeito semelhante ao da “Mão Branca” nos bandidos de hoje.

Aliado a isso, teríamos que ter um trabalho sério de educação, esporte e lazer. Nossa sociedade pode ser bem melhor.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *