Comissão de saúde da Câmara investiga falta de condições de trabalho em UPA

UPA chegou a ter os serviços suspensos (Foto: Secom/PMM)

Ontem à noite um grupo de servidores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Belo Horizonte chegou a suspender os atendimentos por falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI) para atendimento de pacientes.

O caso considerado a gota d’água foi o atendimentos de três pacientes com sintomas como febre, falta de ar e histórico de contato com caso confirmado de covid-19.

Hoje pela manhã os vereadores Ozaniel Mesquita (PL), Emílio Ferreira (PP) e Alex do Frango (PV) estiveram na UPA para investigar o que estava acontecendo.

Eles receberam a informação de que os EPIs chegaram e os atendimentos normalizaram.

Confira o vídeo:

Nota do Blog: não é só responsabilizar a gestão municipal por isso. Há uma grande dificuldade para aquisição dos EPIs. Muitas pessoas estão estocando em casa.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Comissão de saúde da Câmara investiga falta de condições de trabalho em UPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *