CORONAVÍRUS (COVID-19): Como as Pessoas com Deficiência devem se proteger?

Resultado de imagem para pessoas com deficiencia e coronavirus

Por Thiago Fernando de Queiroz*

Temos o conhecimento que essa pandemia tem causado uma mudança enorme em nosso dia-a-dia, medidas extremas estão sendo tomadas para que não haja a contaminação em massa, e, isso ocorre pelo fato de que este vírus é novo, os estudos sobre ele ainda estão sendo realizados. Porém, ações podem serem adotadas para a prevenção.

Ao que concerne as pessoas com deficiência, medidas também devem ser tomadas, com a higienização de órteses e próteses, cadeiras de rodas, lentes de óculos, bengalas, bem como equipamentos e dispositivos de tecnologias assistivas, devendo sempre limpa-las com água e sabão e álcool líquido 70% pelo menos uma vez ao dia ou toda vez que precisar se deslocar em ambiente externo.

Observamos essas informações na nota emitida pela Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB), onde divulga orientações úteis para a prevenção da contaminação do vírus na comunidade de pessoas cegas e com baixa visão, e, que podem ser adotadas a todas as pessoas com deficiência ou com necessidades especiais. Segue as orientações:

• É necessária a higienização das bengalas, com água e sabão ou álcool líquido a 70%, uma vez ao dia ou sempre após deslocamento externo;

• A higienização de óculos e lentes também deve ser incorporada aos hábitos diários.

• Quando aceitar ajuda de outras pessoas na rua, pegue no ombro, em vez do cotovelo, porque a recomendação é tossir e espirrar no antebraço;

• Sempre que possível, evite o contato com outras pessoas. Pratique o distanciamento social, evitando apertos de mão, abraços e beijos no rosto. Cumprimente à distância;

• Ao ter contato com outras pessoas na rua, lave o rosto com água e sabão, principalmente o nariz, com água em abundância;

• Evite levar as mãos aos olhos, nariz e boca, pois são locais de alta contaminação;

• Pacientes com doenças oculares devem evitar o contágio, pois ele pode ocasionar o agravamento da doença, principalmente em pessoas com baixa visão.

Passo a passo para a limpeza correta das mãos:

• O tempo ideal para a limpeza das mãos é de, no mínimo, 30 segundos;

• Comece esfregando as palmas das mãos uma na outra, com fricção moderada;

• Lave da mesma forma o dorso das mãos;

• Cruze os dedos das duas mãos e faça movimento de zigue-zague com bastante sabão debaixo d’água;

• Junte as pontas de todos os dedos de uma mão e limpe na palma da outra em movimentos circulares. Repita o processo invertendo as mãos;

• Lave os pulsos;

• Deixe a água escorrer no sentido do pulso para a ponta dos dedos debaixo da torneira;

• Não compartilhe toalhas (principalmente de rosto) e dê preferência ao papel toalha descartável em locais de uso coletivo;

A Nota ainda afirma: “Por fim, ressaltamos a importância de seguir as recomendações do Ministério da Saúde para que a pandemia não se perpetue. ”

Desta forma, vamos seguir as recomendações e buscar ao máximo nos resguardar, isso, para que o período de contaminação passe, e, voltemos a nossa vida normal. Assim, vamos a luta, pois, juntos somos mais fortes!!!

Porém, se alguém tiver alguma dúvida, ligue para o Disque Saúde através do número 136. Maiores informações sobre o COVID-19, veja no site do Ministério da Saúde:

Ministério da Saúde: http://coronavirus.saude.gov.br/ Informação da ONCB: https://www.facebook.com/oncbnarede/ 

*É ex-conselheiro do Conselho Municipal de Saúde – CMS de Mossoró (Representando ONG’s e Pessoas com Deficiência).

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter

Canal Bruno Barreto