Crise do setor cultural em Mossoró é debatida em audiência de comissão

Audiência abriu oportunidades para artistas (Foto: Edilberto Barros/CMM)

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Câmara Municipal de Mossoró realizou uma reunião, na manhã desta sexta-feira, 30, para debater os desafios que o setor cultural enfrenta na pandemia. A reunião foi organizada pelo vereador professor Francisco Carlos (PP), presidente da Comissão.

Os vereadores Gideon Ismaias (Cidadania), Larissa Rosado (PSDB) e Marleide Cunha (PT) também participaram do debate, que contou com a contribuição de representantes da cultura da área de dança, música, teatro e audiovisual.

Os artistas cobraram mais políticas públicas para o setor e a organização de um auxílio emergencial municipal para os trabalhadores da cultura. “Os movimentos culturais estão abertos ao diálogo e dispostos a pensar, junto com o legislativo, alternativas viáveis, plausíveis e que atendam a necessidade da cultura em Mossoró”, afirmou o artista e advogado Diego Nunes.

Comissão

Os vereadores que fazem parte da Comissão se comprometeram em levar as pautas dos artistas para a o plenário da Câmara Municipal e discutir com os colegas soluções que amenizem as dificuldades provocadas pela pandemia no setor. “Vamos pensar também políticas públicas para o período pós pandemia. Sabemos a importância que a cultura representa na vida das pessoas, e principalmente na vida do mossoroense. Nossa cidade tem grandes movimentos culturais em todas as áreas e devemos dar apoio e incentivos para a continuidade destes trabalhos”, afirmou o vereador Francisco Carlos.

Auxílio

O vereador professor Francisco Carlos destacou ainda que já existe um projeto de lei que propõe um Programa Municipal de Fomento e Incentivo à Cultura no Município de Mossoró, com políticas destinadas ao enfrentamento da pandemia de COVID-19 para os profissionais da cultura. “A autoria do projeto é da vereadora Larissa Rosado e já temos o apoio de vários vereadores da Casa”, disse.

Se aprovado, o Projeto (PLOL 91/2021) terá como objetivo promover o desenvolvimento cultural e artístico, o exercício dos direitos culturais e o fortalecimento da economia da cultura, tendo como objetivo primeiro o auxílio no enfrentamento à pandemia da COVID-19.

“A cultura sempre desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento de nossa sociedade. Por esse motivo, apresentamos a presente proposição a fim de atender as demandas do setor da cultura e dar a esses profissionais a garantia de subsistência e condições de seguirem”, explicou Larissa Rosado.

Acesse o projeto de lei, na íntegra, pelo link: http://168.232.152.232:8080/sapl/sapl_documentos/materia/23502_texto_integral.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *