Dados parciais informam que RN tem 16.168 casos confirmados de Covid-19; taxa de ocupação hospitalar continua elevada

Taxa de ocupação dos leitos críticos observada às 13h38 deste sábado (Fonte: RegulaRN – SESAP – LAIS)

Dados parciais informam que o Rio Grande do Norte tem 16.168 casos confirmados do novo coronavírus. Há 24.574 casos suspeitos e 25.301 descartados. Os números foram repassados pela assessoria de comunicação da Secretaria da Saúde Pública do Estado (SESAP-RN), que adianta que os dados vão sofrer alterações até a divulgação do boletim epidemiológico, porque o banco de dados ainda está sendo integrado com o e-SUS.

A taxa de ocupação dos leitos críticos do SUS destinados ao tratamento de pacientes com sintomas do novo coronavírus continua elevada, segundo dados do RegulaRN, observados às 13h38 deste sábado, 20.

Na região Oeste, Mossoró tinha 100% dos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia e do Hospital São Luiz ocupados. Em Pau dos Ferros, 100% dos leitos do Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade contavam com internamentos.

Na Região Metropolitana, a taxa de ocupação no Hospital da Polícia Militar, Hospital de Campanha João Machado, Hospital de Campanha de Natal, Hospital Luiz Antonio, Hospital Municipal de Natal e Hospital Rio Grande e do Hospital Giselda Trigueiro era 100%.

No Hospital Maria Alice Fernandes, também localizado na Região Metropolitana, mas destinado ao atendimento de pacientes infantis, a taxa de ocupação era de 42,9%.

Na região do Mato Grande, a taxa de ocupação do Hospital Manoel Lucas de Miranda, em Guamaré, era de 100%.

Na região do Seridó, o Hospital Regional Telecila Freitas Fontes estava com 77,8% dos leitos ocupados.

Ainda segundo o RegulaRN, a fila de espera formada por pacientes que aguardam transferência para unidades com leitos destinados ao tratamento de pacientes com sintomas da Covid-19 tinha 56 pacientes, às 13h deste sábado. Desses, 38 aguardavam por leitos críticos, sendo dois classificados como ‘prioridade 1’ e 36 como ‘prioridade 2’. 17 pacientes classificados como ‘prioridade 3’ e um como ‘prioridade 4’ também aguardavam transferência.

Isolamento social

De acordo com dados do Inloco, nessa sexta-feira, 19, a taxa de isolamento social do Rio Grande do Norte foi de 36,74%.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *