Deputado propõe título de cidadão potiguar a Bolsonaro pela segunda vez

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) propôs pela segunda vez um título de cidadão potiguar ao presidente Jair Bolsonaro.

A primeira vez foi em junho do ano passado, inclusive a matéria chegou a ser aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa.

Agora ele trouxe novamente a proposta alegando que o presidente é o “governador de fato” do Rio Grande do Norte. “Bolsonaro está para o RN como governador de fato, atuando de forma decisiva por liberação de verbas para enfrentamento da crise do coronavírus e para investimentos fundamentais para saúde, segurança, educação e infraestrutura”, declarou.

Uma das alegações é de que durante a pandemia a pandemia do novo coronavírus, o Governo Federal contribuiu com a distribuição de milhares de equipamentos de proteção individual, respiradores para todos os Estados, além dos recursos, que ultrapassam R$ 63 bilhões. “E tudo isso sem fazer alarde de ações nem exigir exame ideológico de ninguém, atendeu a todos”, argumentou.

Azevedo lembrou que o Rio Grande do Norte tem atualmente dois ministros na equipe de Bolsonaro – Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Fábio Faria (Comunicações) -, destacando que esta é a primeira vez que dois potiguares participam do alto escalão do Governo Federal.

Outro motivo para a concessão do título de cidadão norte-rio-grandense a Bolsonaro, na opinião de Azevedo, seria a criação do auxílio emergencial, que destinou R$ 600 a população mais necessitada do país durante o período de quarentena.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *