Domingo Dia de Futebol: os primeiros reis

 Por Gustavo Azevedo

Os primeiros brasileiros a serem coroados reis do futebol não foram Pelé e Garrincha, como muita gente imagina, mas os jogadores do esquadrão montado pelo Club Athletico Paulistano que, em 1925, encantou franceses, suíços e portugueses durante uma vitoriosa excursão a Europa. Foram dez jogos disputados, nove vitórias e uma derrota, 31 gols pró e 08 contra. Uma campanha que mereceu destaque dos principais jornais, principalmente depois da vitória por 7 a 2 sobre o selecionado francês.

“Os brasileiros são mais perigosos, mais eficientes pelo seu jogo fogoso, ardente e insistente, em passes rápidos, seguros e em investidas excessivamente velozes que deixam estupefato o adversário. Les Rois du Football (são os reis do futebol)” cravou o jornal matutino francês Le Journal. O maior destaque ficou por conta de Friedenreich, artilheiro da excursão com 11 gols.

Mas as glórias daquele time do Paulistano já vinham de longa data. Primeiro, com o tetracampeonato paulista conseguido no período de 1916 a 1919, sem falar no inédito título de Campeão dos Campeões, conquistado ao vencer o primeiro campeonato brasileiro de clubes campeões. A disputa, que pode ser considerada precursora do atual brasileirão, foi realizada em 1920 onde participaram além do Paulistano, o Fluminense/RJ que conquistou o Campeonato do Distrito Federal e o Brasil de Pelotas/RS, campeão gaúcho.

Pode-se considerar que o Paulistano abriu as portas da Europa para o futebol brasileiro, a prova disso é que nos anos 30, alguns jogadores representaram países daquele continente em suas seleções, principalmente a Itália, onde o paulista Anfilogino Guarisi, o famoso Filó, foi Campeão Mundial pela Esquadra Azurra em 1934. O Paulistano, que fecharia o departamento de futebol em 1929, e teria jogadores e dirigentes migrados para fundarem o São Paulo, teve como os primeiros Reis do futebol brasileiro a seguinte formação:

Paulistano_20

Em pé: Clodoaldo, Barthô, Sérgio, Nestor, Nondas e Abate.

Agachados: Filó, Mário, Friedenreich, Araken e Netinho.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *