EDITORIAL: mais calma da próxima vez, Carlos Augusto Rosado

Carlos Augusto Rosado demonstrou incômodo com o Blog (foto: autor não identificado)

Quando esta página anunciou que publicaria uma pesquisa em parceria com o Instituto Seta, o líder do rosalbismo Carlos Augusto Rosado não escondeu a irritação.

Desceu do Olimpo, onde a militância de seu grupo o coloca, e em pessoa adentrou ao submundo dos grupos de Whatsapp (temos prints) para atacar o editor desta página e o instituto compartilhando um texto em que acusava o editor de ser “autodeclarado antirosalbista”.

Quanta bobagem! Quanta ansiedade!

Compreensível. Carlos Augusto Rosado é tido como um bruxo da política, inclusive adora ser chamado de “Ravegar”, personagem da novela global “Que Rei Sou Eu”.

Impor a pecha de “antirosalbista” a esta página soa infantil e ao mesmo tempo autoritário. Apontar o editor desta página como “autodeclarado” é simplesmente uma mentira tendo em vista que nunca foi dito por ele nada neste sentido.

A pesquisa foi publicada e os que antes estavam escalados para desqualifica-la estava explorando os pontos positivos que existiam para o grupo liderado por “Ravengar”.

Carlos Augusto Rosado sempre teve a aura de ser o “bruxo das pesquisas”. Lembro que um colega jornalista que já trabalhou em seu grupo conta que quando ele chegava nos eventos do Sítio Cantópolis sempre ouvia algum militante abobalhado dizer: “o homem tem uma pesquisa que deu boa para a gente”.

Ele gosta de manter o controle da situação e de repente coube a esta página dar o pontapé do debate eleitoral para 2020 a partir da publicação da pesquisa.

O fato é que esta página sempre se pautou pela ética e o Instituto Seta foi preciso nas eleições de 2018 quando registrou as eleições de Styvenson Valentim e Zenaide Maia para o Senado quando os demais colocavam os dois em situação de empate técnico com Geraldo Melo e Garibaldi Alves Filho. Os números do Seta também foram próximos aos das urnas nas eleições para o Governo do Estado.

Esta página seguirá na linha adotado por seu editor há 15 anos: a de fiscalizar o poder público, se posicionar ao lado de causas justas e de interesse da coletividade independente do seu alinhamento ideológico. Não é por acaso que ela vem mês a mês aumentando o número de acessos e se tornou a líder no segmento político em Mossoró e uma das dez mais procuradas pelo público em nível de Estado.

A postura crítica do Blog do Barreto vale para a prefeita Rosalba Ciarlini como vale para a governadora Fátima Bezerra, o presidente Jair Bolsonaro ou qualquer outro político por mais que certas milícias virtuais tendem vender a ideia de que fazemos exatamente o contrário arengando com os fatos.

Portanto, Carlos Augusto Rosado, mais calma, da próxima vez!

Compartilhe:

Comments

comments

6 opiniões sobre “EDITORIAL: mais calma da próxima vez, Carlos Augusto Rosado

  • 20 de abril de 2019 em 11:02
    Permalink

    O de Rosalba está guardado. Ela sempre ganhou eleições sem um personagem que hoje é central: redes sociais. Vocês vão ver como o mossoroensse vai lembrar da onda de destruição que a bomba deixou na cidade.

    Resposta
  • 20 de abril de 2019 em 11:40
    Permalink

    E, verdade ele pensa(Carlos), que ainda ta nos anos 90.que nao havia tecnologia de hoje.onde o povo tem mais acesso.

    Resposta
  • 20 de abril de 2019 em 13:14
    Permalink

    Esse dar para confiar, pois é imparcial. Em Mossoró a maioria da imprensa

    Resposta
    • 20 de abril de 2019 em 13:16
      Permalink

      A maioria da imprensa é comprada em Mossoró

      Resposta
  • 21 de abril de 2019 em 23:32
    Permalink

    Excelente trabalho é realizado neste blog, notícias publicadas com seriedade, respeito e compromisso.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *