Em nota, TJ informa que comprou novos carros para evitar gastos desnecessários com manutenção de frota antiga

Abaixo a resposta da Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça esclarece a aquisição de novos carros para os desembargadores (ver AQUI). Abaixo o texto:

Caro jornalista Bruno Barreto,
Sobre a aquisição dos veículos adquiridos pelo Tribunal de Justiça, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte informa que a decisão de adquirir novos veículos foi tomada para evitar a utilização de dinheiro público na manutenção de carros que já estavam gerando gastos permanentes.
Em julho do ano passado, o Tribunal de Justiça do RN adquiriu 16 carros para atender aos deslocamentos institucionais feitos pelos magistrados no exercício da função. Os veículos substituem a frota que já tinha, em média, oito anos de uso e vinha gerando, aos cofres públicos, alto custo com manutenção.
Como está disponibilizado no site do Poder Judiciário, 13 carros que foram comprados custaram R$ 97.850,00 (cada). Esses irão atender aos magistrados. Os outros três, custaram R$ 235.500 (cada), e servirão ao Presidente do TJRN, ao Vice-Presidente e à Corregedoria Geral de Justiça, cujas funções exigem o deslocamento constante para visitas técnicas e correições às comarcas do interior do estado.
Importante ressaltar que a frota antiga será leiloada e o dinheiro arrecadado irá para o Fundo de Desenvolvimento da Justiça (FDJ) e servirá para compensar o valor utilizado para a compra dos carros novos.
Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Em nota, TJ informa que comprou novos carros para evitar gastos desnecessários com manutenção de frota antiga

  • 18 de janeiro de 2018 em 13:13
    Permalink

    Na minha opinião nada, nada justifica no momento em que o estado tá literalmente massacrando com atrasos nos pagamentos a milhares de servidores que estão sem receberem seus salários, vem a turma de sempre, os marajás dos tribunais dando um tapa na cara, não só dos Servidores Públicos e sim na cara de toda população do RN, quando todos no estado passam uma situação de desespero por falta de apoio total do Governo, em prestar algum serviço ou nenhum a população que paga caro pra sustentar essa turma e outros tantos, que vivem como estivessem em outro planeta. QUASE DOIS MILHÕES EM CARROS PRA OS MARAJÁS, E O POVO MORRENDO NAS PORTAS DOS HOSPITAIS. É OU NÃO É REVOLTANTE ?.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *