Erros e acertos do Blog do Barreto nas eleições 2020

O Blog do Barreto mantém a tradição de fazer projeções para as eleições proporcionais e também faz uma série de análise ao longo do período eleitoral.

Vamos começar na disputa majoritária.

Erro 1: apostamos que o crescimento do eleitorado progressista em Mossoró exposto nas eleições de 2018 impulsionaria uma candidatura de esquerda na disputa municipal e isso não se refletiu no processo eleitoral concluído ontem.

Acerto 1: mostramos que era possível que a oposição ganhasse a eleição em Mossoró mesmo fragmentada desde que um dos nomes conseguisse polarizar porque a prefeita Rosalba Ciarlini estava desgastada. Isso aconteceu com o vitorioso nas urnas Allyson Bezerra.

Acerto 2: indicamos que os debates entre os candidatos alterariam o quadro. Isso se materializou com a desidratação eleitoral de Cláudia Regina que foi muito mal no confronto da TCM e contribuiu para o crescimento de Allyson.

 

Eleições proporcionais

Erro 1: nas projeções não colocamos como possíveis eleitos Paulo Igo (SD), Gideon Ismaias e por achar que o Podemos dificilmente faria um não citamos Wiginis do Gás.

Erro 2: apostamos que o DEM faria um vereador e duvidamos que o Podemos fizesse um.

Acerto 1: dos 23 eleitos ontem, 20 estavam nas nossas projeções. Acerto de 87%.

Acerto 2: apostamos que haveria uma renovação acima de 15 cadeiras. Foram 17.

Acerto 3: indicamos que o número de vereadores eleitos pela “sobras” seria histórico. A dez foram beneficiados por isso.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Erros e acertos do Blog do Barreto nas eleições 2020

  • 17 de novembro de 2020 em 10:19
    Permalink

    Caraúbas (PB), candidatos a prefeito emparam em número de votos (1.761). O mais velho, atual prefeito, Silvana Dudu levou a melhor.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *