Ex-secretária justifica ação para receber salários atrasados individualmente

Ex-secretária justificação ação (Foto: autor não identificado)

A ex-secretária chefe do gabinete civil Tatiana Mendes Cunha foi ao Twitter justificar a ação contra o Governo do Estado para receber individualmente os salários atrasados. Tudo passa pela quebra da ordem cronológica.

Ela explicou que compreende os atrasos salariais, mas entende que a quebra da ordem cronológica não é o correto. “Foi a quebra da ordem cronológica que me motivou (a entrar com a ação). Porque o salário dos atuais Secretários deve preterir os salários dos auxiliares do Governo passado? O fato de receber com atraso é compreensível diante da crise financeira que o Estado enfrenta”, explicou.

Tatiana acrescentou que outros servidores entraram com ações individuais. “E essa não é uma luta exclusivamente minha. É uma luta de todos que não receberam salários em novembro e dezembro e são incontáveis as ações propostas e as liminares deferidas”, frisou.

Na faixa salarial acima dos R$ 5 mil, Tatiana Mendes Cunha tem para receber o pagamento de novembro, dezembro e o 13º de 2018 assim como milhares de servidores do Estado.

Recurso

O Blog foi informado que o Governo do Estado já recorreu da decisão que favorece Tatiana Mendes Cunha.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *