Genivan aponta crescimento das receitas da Prefeitura de Mossoró

Dados do Portal da Transparência da Prefeitura de Mossoró (http://200.199.109.210/transparencia/rgf.aspx) mostram que a Receita Corrente Líquida (RCL) do município teve um aumento nos últimos anos. Os números foram apresentados pelo vereador Genivan Vale (Pros), em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró (CMM).

Tabela comparativa

No período de janeiro a dezembro de 2012 a Receita Corrente Líquida do município foi de R$ 403.778.872; no mesmo período do ano seguinte, o valor destas receitas somou 438.838.442,88; em 2014, considerando o mesmo intervalo, as receitas foram de R$ 461.459.408,91. E já no primeiro quadrimestre desde ano, os valores já somam o montante de R$ 474.235.082,48.

Gráfico Receitas x despesas

O vereador ainda revelou números referentes ao Limite Prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, dados que também constam no Portal da Transparência. No ano de 2012, o gasto com a folha de pessoal foi de R$ 199.211,565,52, o que representa 49,34% das receitas, abaixo do limite prudencial.

Nos dois anos seguintes, no entanto, o município ficou no limite, com gastos de R$ 235.471.416,99 (53,66% das receitas) e R$ 245.552.881,21 (53,21% das receitas) com a folha de pagamento nos anos de 2013 e 2014, respectivamente. Neste ano, considerando o primeiro quadrimestre, o gasto com pessoal ficou em 250.928.239,51, ou seja, 52,91% das receitas, no limite prudencial.

Gráfico Limite Prudencial

Com relação ao repasse do Fundo de Participação do Município (FPM), Genivan Vale revela que os números que constam do Portal do Governo Federal (http://www3.tesouro.gov.br/estados_municipios/municipios_novosite.asp)“contrariam a versão propagada pelos auxiliares da prefeitura de que os repasses foram zerados”, diz.

Conforme o portal, os repasses de abril somam R$ 45.252,51, em maio foram repassados R$ 5.914.060,44, em junho os repasses foram de R$ 5.145.832,16, e em julho o FPM de Mossoró foi de R$ 4.680.586,54. Gráfico Receitas x despesas Tabela comparativa

“Os números revelam que não falta dinheiro no município, o que falta é vontade. A crise econômica é uma realidade, mas em Mossoró, a situação é potencializada devido à crise de gestão. A Prefeitura de Mossoró acumula débitos milionários com diversas empresas e fornecedores, a Prefeitura não tem nenhuma obra, não honra com os seus compromissos. Diante da situação, a pergunta que fica é: o que está sendo feito com o dinheiro dos mossoroenses?”, questiona o vereador.

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “Genivan aponta crescimento das receitas da Prefeitura de Mossoró

  • 26 de setembro de 2015 em 12:50
    Permalink

    Eu gostaria q os adversários de qualquer administração, tanto nas áreas federal e estadual Qto municipal, em vez de só reclamar apresentasse soluções para os problemas. Isto faria a fifetenca

    Resposta
    • 28 de setembro de 2015 em 10:25
      Permalink

      Genivan Vale não está só reclamando, está mostrando que a receita cresceu e que não há obras que justifique a falta de dinheiro!!!
      e ainda disse qual era o principal problema, que é a incapacidade da atual gestão, ou prefeito ou equipe!!!
      O que mais ele deveria ter feito????

      Resposta
  • 28 de setembro de 2015 em 10:29
    Permalink

    é bom dá uma olhada no caixa más o dois,pios nos aproximamos do périodo eleitoral ai é pratica nunca ter dinheiro,más em ano eleitoral tem um toc de mágica onde do nada surge o dinheiro para tudo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *