Genivan nega ter deixado o Mossoró Melhor

Ontem em entrevista ao Meio-Dia Mossoró da 95 FM o vereador Genivan Vale (PDT) negou que estivesse se afastando do Mossoró Melhor. O parlamentar explicou que a divergência dele é com o vereador Tássyo Mardonny (PSDB) que estaria mais preocupado com a própria reeleição do que com o projeto do grupo.

Ele disse que defende que o PDT siga no grupo mesmo ponderando que não pode falar pelo partido. “Eu particularmente continuo achando que o movimento Mossoró Melhor reúne uma imensa gama de pessoas e profissões que tem um projeto diferente. Eu defendo a participação do PDT no grupo”, frisou.

O parlamentar elogiou a postura dos líderes do projeto “Tião da Prest” e Jorge do Rosário. “Tião e Jorge estão no ápice da independência financeira e em vez de ir curtir estão se colocando nesse projeto”, acrescentou.

Mas o parlamentar indicou que o PDT vai lutar para fazer parte da chapa majoritária. “Nós temos recebido muito estímulos para lançar um nome do PDT e eu e o vereador Tomaz recebemos os mesmos incentivos. O que nós combinamos é que vamos lutar por uma vaga de vice. Tomaz está desestimulado com a vereança. Eu tenho a pretensão de ir para a reeleição”, disse.

Sobre a decisão do vereador Francisco Carlos (PP) de não assinar o requerimento para instalar a Comissão Especial de Inquérito (CEI) do Mossoró Cidade Junina, Genivan fez ponderações, mas avaliou que o pepista deveria ter assinado o documento. “Eu fosse o vereador Francisco Carlos eu assinaria embora ache que perdemos o time porque já está a nível de Ministério Pública”, declarou.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *