Girão defende que Fátima faça reformas ao ser questionado sobre declarações do presidente do PSL/RN

Girão defende reformas (Foto: reprodução/Internet)

Ao ser questionando sobre as últimas declarações do presidente estadual do PSL Coronel Hélio Oliveira sobre o Governo do RN (ver AQUI), o deputado federal eleito General Girão (PSL) evitou um confronto com o correligionário e defendeu que a governadora Fátima Bezerra (PT) faça o dever de casa antes de buscar recursos federais para ajudar o Rio Grande do Norte a sair da crise fiscal.

As declarações foram dadas em conversa com o Blog do Barreto. “Bruno, cada um de nós tem características próprias. Todos. O Gov RN precisa fazer o Dever de Casa. Cortar gastos e não criar novas estruturas. Reunir com os demais Poderes e definir com os mesmos onde eles também podem e devem participar desses cortes orçamentários”, argumentou.

 “Sabemos que nada disso é ou foi feito”, completou.

Ao ser perguntado se seria contra o envio de um aporte financeiro para o Rio Grande do Norte, Girão foi lacônico:

“Amigo, a ajuda é para o RN…”.

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “Girão defende que Fátima faça reformas ao ser questionado sobre declarações do presidente do PSL/RN

  • 16 de janeiro de 2019 em 00:24
    Permalink

    Esse vai ganhar de Beto Rosado como pior deputado do RN. É perguntado uma coisa, ele responde outra. Só pode ser retardado ou mal intencionado.

    Resposta
  • 16 de janeiro de 2019 em 07:01
    Permalink

    Parabéns ao Deputado General Girão! Como estado pode crescer se não cortar gastos, diminuir a estrutura, deixar de ser cabide de empregos. Tomem por base o exemplo do governo federal. Qual experiência que se tem sobre governos petistas? Educação zero, saúde zero, segurança zero, milhões de desempregados, etc. Não vão faltar coisas ruins para enumerar. Estou de acordo com ambas as declarações tanto do presidente estadual do PSL/RN quanto do deputado que são coerentes e apontam para mesma direção. Se não tomar cuidado os servidores públicos estaduais vão ficar a míngua mendigando por seus salários.

    Resposta
  • 16 de janeiro de 2019 em 07:04
    Permalink

    O deputado falou só a verdade, quem não quer entender, que viva de ilusões e metiras. Né não?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *