Governo fecha acordo para reforma da previdência com parte dos sindicatos

Acordo foi firmado com parte dos sindicatos (Foto: Demis Roussos)

Em reunião realizada ontem o Governo do Estado fechou com representantes sindicais o acordo para a proposta final de reforma da previdência. Com a ausência das entidades do Fórum Estadual de Servidores, firmaram acordo com o Governo: Adepol, Amarn, Sindasp, Sindifern, Adpern, Aspern, Sindiperitos, Sinpol, Audicern e Audicon.

O acordo manteve a isenção para inativos que recebem até R$ 2.500. Para os servidores da ativa a taxa máxima será de 16% (a proposta inicial era de 18%) para os servidores que ganham acima R$ 15.000,01. A menor taxa será de 12% para quem recebe até R$ 2.500.

Atualmente todos os servidores pagam 11% ao Instituto de Previdência do Rio Grande do Norte (IPERN).

“A minuta final aprovada em acordo com diversas entidades e associações que mantiveram o diálogo com o Governo do Estado representa muitos avanços diante da proposta do Governo Federal. O texto é mitigado em diversos pontos, um dos principais é a alíquota que a reforma federal estabelece, de até 22%, e que nós conseguimos reduzir para 16%”, destacou o presidente do IPERN, Nereu Linhares.

O Governo espera ter um impacto de R$ 40 milhões em cima do déficit previdenciário mensal.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Governo fecha acordo para reforma da previdência com parte dos sindicatos

  • 13 de fevereiro de 2020 em 15:43
    Permalink

    Fátima ficará marcada para sempre pela cara de pau de fechar os olhos pra os inativos.
    Nada como um dia atrás do outro.
    Esse, sim, foi o verdadeiro PACOTE DE MALDADE.
    DIABOS TE LEVE.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *