Grupos tradicionais enfraquecidos na Câmara Municipal

Os grupos mais tradicionais da política mossoroense são o rosalbismo da ex-governadora Rosalba Ciarlini e o rosadismo da ex-deputada federal Sandra Rosado.

Sem o poder nas mãos, os grupos só seguraram um parlamentar cada. Mesmo assim são nomes orgânicos dos respectivos grupos.

Sandra perdeu Vingt-un Neto para o Mossoró Melhor. Ele trocou o PSB pelo PSDB.

Já Rosalba não conseguiu atrair para si três tradicionais rosalbistas como Flávio Tácito, Manoel Bezerra e Claudionor dos Santos. Os dois primeiros trocaram o DEM por PPL e PRTB respectivamente. O último o PMDB pelo PEN.

Pode-se justificar que o contexto obrigou os parlamentares a ficarem com o prefeito pelas benesses palacianas. No entanto essa máxima não valeu para Tássyo Mardonny (PSDB) e Narcízio Silva (PR) que saíram da base governista para o Mossoró Melhor.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *