Izabel apresenta balanço da movimentação financeira da Câmara Municipal

izabel-quase-presidente

A presidente da Câmara Municipal Izabel Montenegro (PMDB) apresentou o balanço da movimentação financeira da Câmara Municipal no mês de janeiro. Os dados foram divulgados por meio de slides no Palácio Rodolfo Fernandes e enviado à imprensa.

A casa teve em caixa R$ 1.503.130,40  em janeiro somando repasse do duodécimo (R$ 1.500.518,54) mais R$ 2.611,86 de rendimentos de uma aplicação financeira.

As despesas da casa (ver abaixo) movimentaram R$ 1.047.628,39  em janeiro.

Contas Janeiro Câmara

A Câmara encerrou janeiro com saldo bancário de R$ 536.197,87 como mostra o quadro abaixo.

Contas Janeiro Câmara 2

A presidente da Câmara Municipal não informou se vai devolver ao poder executivo esse saldo ou se vai usar para abater dívidas da casa com fornecedores.

Nota do Blog: infelizmente o blog é obrigado a parabenizar um gestor por fazer o que deveria ser o básico do básico em termos de transparência: prestar contas dos gastos públicos. Que Izabel Montenegro sirva de exemplo aos outros chefes de poderes.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Izabel apresenta balanço da movimentação financeira da Câmara Municipal

  • 11 de março de 2017 em 07:58
    Permalink

    Parabéns a vereadora Izabel, pela atitude. Precisamos saber quanto nos custa a Câmara Municipal de Mossoró.
    Agora convenhamos: é muito dinheiro para pouco resultado!!!

    Resposta
  • 12 de março de 2017 em 08:01
    Permalink

    Transparência? Que transparência?
    Tente ver no PORTAL DA TRANSPARÊNCIA os salários dos membros da mesa diretora. Tente!
    Tente ver quanto foi gasto em diárias e passagens DESNECESSÁRIAS somente este ano. TENTE!
    Tente ver quanto foi gasto em ÁGUA MINERAL e CAFEZINHO. Tente!
    Transparente é o PORTAL DA UERN. Acessou fica sabendo de TODOS OS SALÁRIOS DE TODOS OS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS. Tudo no PORTAL DA TRANSPARÊNCIA da UERN é mostrado da forma mais simples possível.
    Já o PORTAL DA TRANSPARÊNCIA(?) da Câmara Municipal de Mossoró lembra a PEDRA DA ROSETA.
    O que se pode esperar de uma CÂMARA MUNICIPAL que tem na presidência uma condenada em primeira instância por prática de improbidade a mais de 5 anos de cadeia?
    Quando um dia o TJRN vai julgar os recursos SAL GROSSO?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *