Jorge com Rosalba é diferente de Tião com Robinson

Tião e Jorge (Foto: arquivo)

A partir das especulações de que Jorge do Rosário estaria se entendendo politicamente com a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) logo surgiu a inevitável comparação entre essa possibilidade e o fato consumado há dois anos.

Jorge estaria repetindo o erro de Tião Couto que topou ser vice de Robinson Faria em 2018.

Há semelhanças, logicamente, mas também temos algumas diferenças. Caso decida apoiar a prefeita e ser o vice dela, Jorge estaria trocando a posição de crítico da prefeita para a de aliado.

Nisso ele repetiria Tião.

Seria contraditório, claro.

Mas por outro lado, do ponto de vista do pragmatismo político Jorge estaria indo para uma aposta sem características de suicídio político como fizera Tião.

Robinson estava eleitoralmente inviável nas eleições de 2018. O então governador insistiu na tentativa de reeleição sabendo que não teria muitas chances por causa do profundo desgaste. E olhe que a estratégia do então chefe do executivo estadual era boa, mas nenhuma ação reverteria a derrota.

No caso de Rosalba 2020 é diferente. Ela tem um capital eleitoral cristalizado construído graças ao seu carisma e realizações do passado. Atualmente, isso lhe mantém competitiva mesmo fazendo uma gestão pífia.

Resumindo: Rosalba é competitiva. Robinson não era. Essa é a vantagem pragmática a favor de Jorge caso decida ir para o lado da prefeita.

Isso não quer dizer que acho essa possível uma boa escolha para Jorge. Aí é tema para outro artigo.

 

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *