Juiz nega direito de resposta à Tião no caso da Prest

O juiz Breno Valério da 33ª Zona Eleitoral negou direito de resposta à Tião Couto (PSDB) que é acusado no programa eleitoral da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) de ter quebrado a Prest Perfurações.

O magistrado entendeu que a crítica política é válida desde que os argumentos não sejam inverídicos e que a ex-governadora se valeu de matérias jornalísticas para expor o assunto.

Ele entendeu que não há elementos para conceder uma tutela antecipada. “É o que se afigura de uma análise provisória. Maiores incursões em torno da viabilidade dos argumentos expostos, no entanto, só poderão ser procedidas mediante valoração mais aprofundada, na oportunidade da apreciação meritória”, declarou.

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *