Lula e o teatro para história

e62b8ff5-cfce-4d81-8856-42c4f00607c9

O que acontece no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP) é um ato calculado e muito bem organizado de mobilização política. Não poderia ser diferente quando um político do tamanho de Lula está com prisão decretada.

Está clara a jogada: formar um cordão humano para impedir a prisão de Lula e inibir a Polícia Federal. O movimento de resistência é na verdade um teatro para mostrar que o povo ficou em defesa do ex-presidente.

Mas nos bastidores advogados do ex-presidente negocia com a Polícia Federal. Ele vai se entregar em algum momento até porque essa manifestação não conseguirá durar para sempre.

Tudo sendo organizado para termos imagens e fotos que ficarão na história. O petismo quer construir a sua própria narrativa para reforçar a imagem de vítima de Lula. Há um risco de algum confronto físico se a corda for esticada.

A prioridade é encenar um teatro para história e minimizar o estrago na imagem de Lula.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Lula e o teatro para história

  • 6 de abril de 2018 em 20:03
    Permalink

    Tivemos outros teatros anteriores à esse.

    Exemplos:

    – Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato. Fez o uso do Powerpoint para as acusações contra lula.

    – Quando o juiz federal Sergio Moro, titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, disse que impedir que que as imagens da condução coercitiva do ex-presidente Lula sejam usadas pela revista Veja e pela produção do filme Polícia Federal – a lei é para todos seria um ato de censura.

    – Quando após seis horas de votação transmitida ao vivo, 367 Deputados a favor do impedimento de Dilma e 137 contra. ( Sem falar o outro do Senado.)

    – Quando o juiz Moro derrubou o sigilo e divulgou grampo da ligação entre Lula e Dilma. A globo deu com exclusividade o furo de reportagem.

    Esse teatro de agora é chumbo trocado, não dói!!

    Resposta
  • 7 de abril de 2018 em 10:32
    Permalink

    O Brasil é um teatro e horrores!
    Um país onde um helicóptero de coca não dá em nada e um apartamento chula de quinta categoria leva o maior Presidente de sua história à cadeia sem nenhuma prova, não pode ser levado a sério!
    Como a história vai contar essa imundície daqui a vinte ou trinta anos eu não sei, apenas sei como eu vou contar, isso me basta!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *