Número geral de internamentos por confirmação ou suspeita de Covid-19 no RN é superior a 700

O número de internamentos de pacientes com suspeita ou confirmação de Covid no Rio Grande do Norte corresponde a 710 pessoas. Esse total é a soma de internamentos em leitos públicos, privados e filantrópicos existente no Estado e inclui casos em leitos críticos e clínicos, segundo informado pelo secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, na coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira, 11, em Natal.

“Esse dado por si só já fala da necessidade de a gente mexer na questão fundamental, que é o isolamento social e proteger, para os próximos dias, as pessoas que vão precisar de leitos UTI”, advertiu o secretário adjunto de Saúde.

Dados do Inloco de ontem, 10, mostram que o RN registrou isolamento social, 41,29%, índice que continua abaixo do indicado pelas autoridades sanitárias.

O Estado tem 13.234 casos confirmados do novo coronavírus e registra 496 óbitos confirmação da doença, conforme matéria publicada mais cedo.

Pressão continua forte nos leitos críticos do SUS no Estado (Fonte: RegulaRN – SESAP – LAIS)

Com relação a taxa de ocupação de leitos críticos do SUS no Estado, exclusivos para o tratamento de pacientes com sintomas do novo coronavírus, às 14h51 o RegulaRN mostrava que 99% dos leitos da Região Metropolitana estavam ocupados; no Hospital da Polícia Militar, Hospital de Campanha de Natal, Hospital Luiz Antonio, Hospital Giselda Trigueiro, Hospital Municipal de Natal e Hospital Rio Grande a taxa de ocupação dos leitos era de 100%; no Hospital de Campanha de Parnamirim a ocupação era de 50%, com um dos dois leitos de UCI vagos.

Na região Oeste a taxa de ocupação era de 92,2%. Em Mossoró, no Hospital Regional Tarcísio Maia o percentual de leitos ocupados era de 95% e o Hospital São Luiz tinha 96% de ocupação de seus leitos.  Em Pau dos Ferros 83,3% dos leitos do Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade estavam ocupados.

Na região do Seridó, a taxa de ocupação de leitos do Hospital Regional Telecila Freitas Fontes era de 59,3%.

Já a fila de espera por leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com sintomas do novo coronavírus, contava com 139 pacientes, às 14h53, segundo dados do RegulaRN. Desse total, 48 pessoas aguardavam por leitos críticos, sendo quatro classificados como ‘prioridade 1’ e 44 como ‘prioridade 2’. 88 pessoas consideradas ‘prioridade 3’ e três consideradas ‘prioridade 4’ também aguardavam regulação.

Nota do blog: Os números de internações divulgados durante a coletiva de imprensa costumam ser maiores do que os números de internamentos informados no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP-RN) da mesma data. Isso ocorre porque, como explicou a assessoria de comunicação da Sesap, os boletins não incluem pacientes em leitos de estabilização como, UPAs, como informam também os próprios boletins. Já a taxa de ocupação detalhada na matéria diz respeito aos leitos críticos do SUS.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *