Uma opinião sobre “O nó dos servidores fantasmas

  • 24 de fevereiro de 2016 em 20:02
    Permalink

    Mossoró continua avançando no pioneirismo: Uma atrapalhada atrás da outra. Se faz necessário esclarecer. Quem são os trapalhões de Mossoró?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *