Operação investiga superfaturamento na contratação de bandas, notas frias e aditivos desnecessários

O foco da Operação Anarriê é a descoberta de superfaturamento na contratação de bandas, aditivos desnecessários e a emissão de notas frias nas edições 2013 e 2014 do Mossoró Cidade Junina.

De acordo com a promotora Patrícia Antunes com quem o Blog do Barreto conversou com exclusividade, ainda não há investigações sobre o Mossoró Cidade Junina do ano passado. “Aí seria necessário um outro procedimento”, frisou.

Ela explicou que chamou a atenção do Ministério Público o fato de a Gondim & Garcia vencer sucessivas vezes a licitação para organizar o evento. “Vencia sempre com valores estratosféricos”, frisou.

Em instantes mais informações exclusivas sobre a Operação Anarriê.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre “Operação investiga superfaturamento na contratação de bandas, notas frias e aditivos desnecessários

  • 17 de março de 2016 em 14:59
    Permalink

    Caro BB,
    Corruptores e corrompidos são gêmeos siameses, estão gostaria de saber se haverá investigação sobre os artistas que assinaram os contratos

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *