Os “super suplentes” e o efeito Vingt-un

Candidatos com votações expressivas ficam fora da Câmara Municipal (Foto: Edilberto Barros/CMM)

Alertamos que haveria casos de vereadores com excelentes votações, mas que ficariam de fora da Câmara Municipal por más escolhas partidárias.

Além de vereadores ainda em exercício de mandato, outros nomes novos tiveram votações expressivas.

Confira a lista dos “super suplentes”:

Aline Couto (PSDB): 2.259

Tony Cabelos (PP): 2.219

Sub Jailson (Pode): 1.737

Arlene Sousa (PP): 1.708

Plúvia: 1.453

São nomes que certamente estarão fortes em 2024.

Efeito Vingt-un

Ainda registramos os casos dos vereadores que tiveram votações expressivas, mas que terminaram sequer ficando na suplência por causa do mau desempenho de seus partidos nas urnas. Apelidamos o fenômeno de efeito Vingt-unem alusão ao que aconteceu com o ex-vereador Vingt-un Rosado nas eleições de 2016.

São eles: Ozaniel Mesquista e Petras Vinícius, ambos do DEM, que tiveram respectivamente 1.460 e 1.424 votos.

 

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *