Para Robinson, todo mundo é culpado pela crise menos ele mesmo e repete ex-prefeito de Mossoró

Robinson Intertv

O governador Robinson Faria (PSD) é um homem que se sente injustiçado. Para ele todos são culpados e a crise do Rio Grande do Norte é fruto de ações de ordem política.

Em entrevista a Intertv Cabugi falou da crise. Disparou contra os policiais, expôs a chantagem do retorno dos serviços em troca do pagamento em dia.

Tratando as câmeras como se fossem os espelhos de casa avisou que vai conversar diretamente com o povo bem ao estilo Francisco José Junior: “Vou começar a dialogar com a população. Eu estive calado até agora e a partir de agora o governador vai dialogar ponto por ponto. É a minha obrigação esclarecer para população qualquer dúvida que a imprensa e o povo tenha”.robinson-faria-e-francisco-jose-junior-comemoracao

É como se o governador estivesse num mundo da fantasia em que o povo vai aceitar bovinamente (até vai) e erguê-lo (isso não) do pântano da impopularidade com essas medidas.

É fácil confundir o momento de Robinson com o vivido por Francisco José Junior. Primeiro por essa tentativa de anunciar ressurgimento das cinzas num contato com o povo (só faltou anunciar que fará lives no Facebook). Segundo por anunciar medidas tardias em ano eleitoral.

Nem parece o líder político que há um ano e meio criticava o pupilo por falta de humildade.

Falta apenas Robinson tentar a reeleição mesmo impopular e anunciar a desistência no meio do pleito em live no Facebook.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *