Partido deve passar por debandada em Mossoró

Em 2016, o PSD era o partido mais forte de Mossoró. Tinha o presidente da Câmara Municipal (Jório Nogueira), o prefeito de Mossoró (Francisco José Junior) e o governador do RN (Robinson Faria).

Com essa estruturara elegeu três vereadores que até hoje estão por lá formando a maior bancada na Câmara Municipal.

Em breve o partido será esvaziado na cidade.

Os vereadores são do antigo partido do ex-prefeito apenas por formalidade. Antes da posse em 1º de janeiro de 2017 todos já eram rosalbistas.

Agora o PSD vai para o controle de Tião Couto, outro adversário da prefeita. É questão de tempo Maria das Malhas, Toni Cabelos e Emílio Ferreira deixarem o partido para fazer parte de alguma agremiação da orbita política de Rosalba.

Questão de tempo, repito.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *