PM do RN pode parar atividades e presidente de associação alfineta TJ: “Não queremos vender férias e licenças-prêmio”

Em um vídeo (ver abaixo) o presidente da Associação dos Oficiais Militares do Rio Grande do Norte, major Antoniel Moreira, afirmou que os PMs podem parar as atividades nos próximos dias.

O Governo do Estado não finalizou o pagamento do 13º de 2017, não previsão para realizar o pagamento em 2018 e não quitará a folha de dezembro antes do dia 31. A situação provoca apreensão em todos os setores do serviço público.

O major Antoniel não poupou o judiciário potiguar que impediu a antecipação dos royalties para pagamento da folha e ao mesmo tempo cria regalias para não devolver as sobras orçamentárias. “Não queremos vender férias e licenças-prêmio”, frisou.

Ele convocou os oficiais para uma assembleia hoje. Veja o vídeo:

Compartilhe:

Comments

comments

3 opiniões sobre “PM do RN pode parar atividades e presidente de associação alfineta TJ: “Não queremos vender férias e licenças-prêmio”

  • 14 de dezembro de 2018 em 11:29
    Permalink

    Uma alfinetada pequena ao TJ. Em comparação as dificuldades dos servidores, que vão passar o Natal e ano novo sem seus pagamentos. Enquanto isso o TJ igualmente a outros poderes estarão neste mesmo período com suas contas bancárias bastantes cheias.

    Resposta
  • 14 de dezembro de 2018 em 12:18
    Permalink

    Concordo q a situação dos servidores em geral não é boa. Quanto aos do judiciario e legislativo, como diz o ditado “tao de mele solta”.Mas, a PM bem q podia esperar o novo governo assumir para negociar, pois este não tem mais tempo e nem moral para negociar nada. Né não

    Resposta
    • 18 de dezembro de 2018 em 03:36
      Permalink

      Concordo. O governo derrotado de Robson está sem credibilidade e sempre “cagou e andou” para os servidores deste o início de sua gestão

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *