PM encara quadro de desmoralização junto à sociedade ao voltar a bater em servidores

assembleia

É consenso na sociedade que a Polícia Militar faz muito com o pouco com as precárias condições de trabalho historicamente lhe dada. Prova disso foi a mobilização de todos os potiguares em defesa dos policiais que cruzaram os braços por causa dos salários atrasados. Isso foi fundamental.

O problema é que existem outras categorias tão importantes quanto a PM como os professores da UERN e os servidores da saúde. Ambas são desprezadas pelo governador Robison Faria (PSD). Sobre esse assunto (ver AQUI) eu já escrevi.

A questão é o fato de essas duas categorias terem se solidarizado com a luta dos PMs que chegou a situações dramáticas. Estava na cara que esse apoio não seria retribuído.

Agora, por questões que vão além da própria vontade dos policiais (como a hierarquia, por exemplo), os agentes repressores do Estado voltaram a bater nos servidores. O triste episódio aconteceu hoje pela manhã quando manifestantes foram impedidos de entrarem na Assembleia Legislativa para, democraticamente, pressionarem os deputados estaduais a votarem contra o “pacote de maldades” que Robinson Faria apelidou de “RN Urgente”.

Os PMs que há uma semana diziam cruzar os braços por falta de estrutura de repente estavam lá com escudos, bombas de efeito moral e spray de pimenta. Este último uma marca registrada do atual governador. São as condições de trabalho sempre presentes na hora de bater em trabalhador.

Como era de se esperar a categoria que resolveu parte dos próprios problemas agora vai lutar contra as que não resolveram e sofrem com situações dramáticas também. Não adianta explicar que existe hierarquia que os obrigam a cumprir ordens porque é o que acontece na prática.

Robinson fez a sua escolha e com ela jogou trabalhador contra trabalhador. Nesse episódio o governador também perde também, mas puxa a PM junto com ele para a zona de rebaixamento do campeonato da moral.

Compartilhe:

Comments

comments

9 opiniões sobre “PM encara quadro de desmoralização junto à sociedade ao voltar a bater em servidores

  • 11 de janeiro de 2018 em 22:56
    Permalink

    Não vi a PM batendo em ninguém, ao contrário, vi servidores cobertos de razão querendo bater em deputados e a PM tendo que preservar a integridade dos mesmos, fazemos isso com todo tipo de bandido, estrupadorea, assaltantes, deputados, ex presidentes, etc…

    Deixe de querer colocar o funcionalismo contra a PM, estamos no mesmo barco.

    Resposta
    • 11 de janeiro de 2018 em 23:08
      Permalink

      Quem jogou o funcionalismo contra a PM foi Robinson. Pagará a PM amanhã e os demais não. Aí a PM voltou a ativa e impediu a entrada dos manifestantes na Assembleia Legislativa.

      Resposta
    • 12 de janeiro de 2018 em 07:45
      Permalink

      Também não vi isso. Pelo contrário, vi pessoas agredindo policiais e servidores da AL. A PM só ficou pacivamente com escudos ajudando a protejer as pessoas.
      São blogs como estes que destroem a mídia séria!!!

      Resposta
      • 12 de janeiro de 2018 em 12:03
        Permalink

        Pergunte ao pessoal do Sinte e Sindsaúde. Esse blog que destrói a mídia séria como a senhora diz foi quem defendeu com unhas e dentes a luta dos policiais.

        Resposta
  • 11 de janeiro de 2018 em 23:01
    Permalink

    Caro amigo que fez esse texto, quero que saibas que na PM existe uma coisa chamada hierarquia, o que obriga os PMs de cargos subalternos a cumprirem ordens de superiores, e que caso eles não as seguissem seriam punidos com no mínimo instauração de sindicância podendo até se caracterizar crime de desobediência sendo assim expulso das fileiras. Estou do lado dos servidores sem distinção, mas sendo PM como sou, não posso deixar esse tipo de matéria ser exposta sem comentar.

    Resposta
    • 11 de janeiro de 2018 em 23:07
      Permalink

      Faço essa ponderação no artigo. Pelo visto opinou sem ler.

      Resposta
  • 11 de janeiro de 2018 em 23:06
    Permalink

    Eh,a PM é como aquela árvore que recebe pedradas pq dá bons frutos…

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2018 em 04:12
    Permalink

    Triste a situação mas já era esperado. O governo pagar PMs para ter quem o defenda.
    Mas o recardo é esse podem se armar: com gás, cassetete, escudo, spray de pimenta e o que mais vocês tiverem porque a Rua é do povo, a assembleia Legislativa também, só estamos ocupando o lugar que nunca deveríamos ter saído, E essas ações não faz com que nos lutadores e lutadoras tenhamos o que Temer, somente nos fortalece, pois sabemos que por trás das nuvens de uma tempestade horrível irá em algum momento surgir um arco-íris. afinal existe um novo nasce do sol todo dia.

    Vamos esperar, afinal a incoerência não é nossa

    Resposta
  • 12 de janeiro de 2018 em 08:26
    Permalink

    O blogueiro é inteligente p ganhar ibope, fazendo um espetáculo de uma manifestação de trabalhadores e nos colocando a discutir…
    Afinal BARRETO, mostre-nos com fotos ou vídeos as tais agressões polícias nessa manifestação, pq o q vi foi pessoas em estado emocional abalado puxando os escudos dos PMs e tentando furar o bloqueio na força bruta.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *