Por que o tomógrafo do HRTM quebra tanto? O Blog do Barreto explica

O tomógrafo do Hospital Regional Tarcísio Maia foi instalado em janeiro de 2017. Em poucos meses ele quebrou e ficou um ano sem funcionar.

A pressão da sociedade foi tamanha que o então governador Robinson Faria (PSD) veio bater em Mossoró para “inaugurar” a reativação do equipamento no ano passado.

Houve uma nova quebra na segunda-feira de carnaval e em um mês o tomógrafo estava funcionado. Na mesma semana ele parou de ser usado para uma nova manutenção.

A explicação desta vez era um cheiro de queimado.

Agora o equipamento funciona mais uma vez em sua plenitude.

O problema é que o aparelho consome muita energia e precisa de uma instalação própria e hoje ele usa a fiação da enfermaria.

A atual direção do HRTM informou ao Blog que foi feita uma solicitação para uma nova instalação. O assunto está no serviço de engenharia da Secretaria Estadual de Saúde Pública.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *