Prefeito nega crise com governador

Ao ser questionado sobre uma suposta crise com o governador Robinson Faria (PSD), Francisco José Junior negou. “Independentemente de Robinson Faria ser governador e eu prefeito nós temos uma relação de irmandade. No momento em que ele era vice-governador e se afastou de Rosalba eu fui uma das poucas lideranças que continuou com ele. Nós capitaneamos a campanha dele em Mossoró que foi fundamental para a vitória dele. O que está acontecendo são boatos”, frisou.

Sobre a ausência na agenda de Robinson na Região Oeste, Francisco José Junior disse que o governador desembarcou na cidade na hora em que ele estava num momento de negociação com os estudantes no Palácio da Resistência. “A chegada dele foi no momento em que nós estávamos negociando com os estudantes. Acompanhei ele em Baraúna e voltamos com ele para Mossoró”, relatou.

O prefeito disse que cobrou do governador uma solução para impasse na saúde cuja dívida do Estado com Mossoró é superior e R$ 12 milhões. “Em nível nacional nós já judicializamos”, frisou.

Ao ser perguntado sobre a ausência do deputado federal Fábio Faria (PSD), Francisco José Junior elogiou a atuação do parlamentar. “Fábio está sempre presente na cidade e destinou R$ 1,3 milhão em emendas para Mossoró. Ele é o deputado que me acompanha nos ministérios quando vou a Brasília”, disse.

Sobre o deputado estadual Galeno Torquato (PSD), o prefeito não pode dizer o mesmo. “Galeno assumiu um compromisso comigo de estar aqui uma vez por mês e está em falta com isso. Mas o Restaurante Popular da UERN é um projeto de Galeno”, ponderou.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *