Prefeitura “confessa” descumprimento do piso dos professores em página oficial

A página oficial da Prefeitura de Mossoró traz uma confissão de culpa em relação ao descumprimento do piso nacional dos professores.

A denúncia foi levantada pela presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDSERPUM), Marleide Cunha. “A prefeitura se enrola nas próprias mentiras e tentativa de manipulação da população, mas a verdade sempre aparece. A verdade vem do próprio site da prefeitura de Mossoró, que sem querer, mostra a prova de que ela NÃO está respeitando a Lei do Piso Nacional e a Lei do Plano de Carreira dos professores. Ora, a Lei Federal determina o Piso Nacional mínimo para professores de nível médio e a Lei do Plano de Carreira determina que o professor de nível superior deve ganhar 40% a mais do que o nível médio. Portanto, se o próprio site da prefeitura diz que paga 38,39% acabou de admitir o seu erro e confessar que NÃO PAGA o Piso Nacional”, disparou.

A sindicalista reforça que só uma pequena parte dos docentes recebem os salários informados pela prefeita. “Se pagasse, a diferença, obrigatoriamente, teria que ser de 40% do nível médio para o superior. Ainda, é preciso dizer, que 90% dos professores não recebem o salário que a prefeitura divulga. A Gestão Rosalba Ciarlini e os vereadores cúmplices da gestão, deveriam envergonhar-se de implementar uma POLÍTICA DE DE DESVALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES, trilhando um caminho contrário ao seguido pela sociedade brasileira no que se refere à valorização da educação”, completou.

Por fim, Marleide reforçou que a greve segue movimentando-se em busca do cumprimento do piso nacional dos professores. “Dá pra ter esperança em educação de qualidade com gestores públicos do tipo que temos na prefeitura de Mossoró? A prefeitura está errada e o Sindiserpum é os professores estão com a razão. A nossa resposta contra a ofensa a educação é a luta política crítica e organizada contra os ofensores”, acrescentou.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Prefeitura “confessa” descumprimento do piso dos professores em página oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *