Prefeitura evita paralisação de médicos, mas dívida ainda é superior a R$ 2 milhões

A SAMA, cooperativa médica que reúne os médicos que atendem nas UPAs e no Serviço de Verificação de Óbito (SVO), recebeu R$ R$ 687.908,00 da Prefeitura de Mossoró na última sexta-feira.

Foram pagos também mais R$ 51 mil pelos serviços no SVO.

Os pagamentos foram suficientes para evitar a paralisação prevista para amanhã. No entanto, a Prefeitura de Mossoró está longe de estar em dia com os compromissos com a entidade. A dívida está na casa dos R$ 2 milhões.

Amanhã, às 9h, tem uma reunião entre SAMA e Prefeitura de Mossoró mediada pelo juiz Pedro Cordeiro Junior.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *