Professores da UERN se articulam para receber auxílio

Um movimento ganha força nos intramuros da UERN para que a ADUERN convoque uma assembleia para discutir uma forma de convencer o Governo do Estado a conceder o auxílio pedagógico de 12,035% proposto durante a greve.

Uma fonte do Blog do Barreto explica a origem do movimento: “É o temor de ficar anos sem aumento na remuneração”.

A proposta seria assim é de que o auxílio seja facultativo ao docente que caso queira solicita à Pró-reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis (PRORHAE). “Não é uma afronta ao sindicato, mas um pleito para o órgão convocar uma assembleia exclusiva sobre o tema”, explica a fonte que diz não ter nada contra os aposentados.

Para a fonte “a proposta do auxílio é terrível, mas sem ele é catastrófico”.

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *